quinta-feira, 6 de março de 2008

Liga dos campeões: Oitavos-de-Final - FC Porto afastado nos penáltis. Schalke, Roma e Chelsea seguem em frente

Festa do Schalke no Dragao

No segundo dia dos oitavos de final da Liga dos Campeões, o FC Porto foi uma das equipas que ficou pelo caminho. Derrota amarga nos penáltis frente ao Schalke por 1-4.
Melhor sorte teve a Roma, que fez história ao eliminar o Real Madrid e novamente com uma vitória de 2-1. A terceira equipa apurada do dia foi o Chelsea que frente ao Olimpiakos goleou por 3-0.

O FC Porto está fora da Europa. Noite inglória no Dragão, com o apuramento para os quartos-de-final a ser decidido na lotaria dos penáltis, momento em que o Schalke foi mais feliz. O guarda-redes Manuel Neuer foi o homem do jogo. E não só por ter defendido dois penáltis. Durante os 120’ só não deteve a bomba com que Lisandro empatou a eliminatória. No resto, foi brilhante.
Em dois jogos com os alemães, o Porto rematou mais de 40 vezes e apenas marcou um golo!

Para o tudo ou nada com os alemães, Jesualdo Ferreira apostou no onze tradicional, preferindo Tarik a Farías. Bosingwa foi a outra novidade e que diferente é a produção portista com o habitual titular em campo. O Schalke também tinha duas caras novas em relação a elsenkirchen, pois Mirko Slomka quis ter uma equipa de tracção atrás.

O FC Porto não entrou a todo gás, mas entrou bem. Bosingwa cavalgava pela direita
e até foi dele o primeiro remate. Tarik – às vezes Quaresma – e Lucho também exploravam a mesmo ala e foi por ali que os dragões criaram perigo. Bosingwa tentou novo tiro e, no minuto seguinte, os portistas dispuseram de duas oportunidades, mas nem Lisandro nem Tarik levaram a melhor sobre o incrível Neuer.

Estava visto como ia ser o jogo. FC Porto ao ataque e o Schalke a defender. A pressão alta dos dragões funcionava, mas as ocasiões deixaram de surgir, porque os alemães tapavam bem os espaços. E um remate de longe de Westermann mostrava que era preciso cautelas. Quaresma respondeu com um tiro que Neuer deteve, mas o intervalo aproximava-se com tudo a zero, perante a alegria dos quase três mil adeptos alemães.

Jesualdo Ferreira tinha pedido paciência, mas a falta de um golo inquietava o público. Que mais apreensivo ficou quando Bosingwa ficou agarrado à coxa direita a pedir substituição. O azar do melhor portista obrigava Jesualdo a mudar tudo. Entrou Mariano, depois Farías, e Meireles fechou a esquerda. Sem golos, o FC Porto tinha que arriscar. Mas ainda antes de Bosingwa sair, Tarik desperdiçou uma boa ocasião. Num livre de Quaresma, Lucho pôs a bola na cabeça do marroquino que permitiu uma defesa milagrosa de Neur.

Desilusão portista pela eliminação

Pouco depois, o FC Porto apanhou um grande susto mas acabou protegido pelo àrbitro. É que numa confusão fora da àrea, Helton defendeu um remate do turco Altintop e deveria ter sido expulso. Foi a única vez, no segundo tempo que a muralha alemã se estendeu no relvado, porque no resto eram onze homens a trabalhar para o 0-0. Pouco depois, Howard Webb mostrava cartão vemelho directo ao uruguaio Fucile após uma entrada perigosa, isto a 8 minutos do fim dos 90´e o Porto jogava com dez.

Pensava-se que a missão tinha ficado impossível, mas um golaço de Lisandro Lopez empatou a eliminatória e levou o jogo para prolongamento. O Porto fazia das tripas coração para anular a inferioridade numérica. Tano que até foi Ricardo Quaresma a desperiçar de forma incrivel ao ocasião de ouro aos 102 minutos. Com as forças a faltar tudo, ficou decidido no penáltis, altura em que Neuer se confirmou como o homem da noite. Os alemães não falharam nenhum pontapé e do lado portista, apenas Lucho converteu, porque Bruno Alves e Lisandro não enganaram o jovem de 21 anos.

Vucinic marcava no Santigo Bernabéu

Roma e Chelsea em frente

O Real Madrid foi eliminado pela Roma, ao perder no Santiago Bernabéu pelo mesmo resultado da primeira mão 2-1. O campeão espanhol caiu nos oitavos-de-final pela quarta época consecutiva. Um rombo enorme nos objectivos do clube liderado por Ramon Calderón. O presidente dos merengues prometera um prémio de 900 mil euros a cada jogador em caso de conquista da Liga, Taça do Rei e Liga dos Campeões. Agora, só sobra o campeonato...

Num grande jogo de futebol, a vitória do segundo classificado do Calcio acabou por ser completamente justa. Pepe foi titular no Real Madrid, mas acabou expulso por acumulação de amarelos aos 70 minutos. O lance foi determinante no desfecho da partida. Três minutos depois, Taddei marcou o primeiro golo romano. Antes, Aquilani e Vucinic atiraram cada um uma bola ao poste, assim como o merengue Júlio Baptista.

Raúl empatou de seguida, num lance em que o avançado espanhol estava fora-de-jogo, mas a formação de Luciano Spalletti, já em descontos, matou a eliminatória com um golo do montenegrino Vucinic. Desta forma, das três equipas espanholas em prova, só o Barcelona se apurou para os oitavos, já que o Sevilha caiu aos pés do Fenerbahçe.

Chelsea festeja golo perante o olhar dos adeptos gregos

Inglaterra em força nos 8ª de final

Ao invés, três formações inglesas já garantiram o apuramento. Depois das vitórias de Manchester United e Arsenal, foi a vez do Chelsea carimbar a passagem aos quartos-de-final. Depois do nulo conseguido em Atenas, os londrinos despacharam o Olympiacos por 3-0 e conseguiram a quarta presença nos quartos em cinco temporadas. Com Paulo Ferreira e Ricardo Carvalho no onze titular, os "blues" já venciam aos cinco minutos com um golo de Michael Ballack. O segundo, apontado por Lampard vinte minutos depois, acabou com a eliminatória. Kalou ainda fez o terceiro.

O número de equipas inglesas ainda pode aumentar na próxima terça-feira com a realização do Inter-Liverpool, adiado devido à utilização do estádio San Siro anteontem, pelo Milan. Os "red devils" têm uma vantagem de dois golos.

Portugal com dificuldades no Ranking

Com a eliminação do Porto é muito difícil a Portugal chegar à ambicionada sexta posição no ranking da UEFA, no final da época. Portugal passou a ter agora 39,213 pontos (manteve o oitavo posto), a 1,537 pontos da Rússia (40,750), que ainda pode pontuar através do Zenit, que hoje defronta o Marselha para a Taça UEFA. Pelo meio ainda está a Roménia (40,599), que já não pontua.

A sexta posição permite a entrada directa de duas equipas na Liga dos Campeões, mas para lá chegar é preciso que Sporting e Benfica alcancem seis vitórias e cheguem pelo menos aos quartos-de-final da Taça UEFA, isto num cenário em que o Zenit seja eliminado pelo Marselha sem pontuar.

Resultados da 2ª mão dos Oitavos-de-final da Liga dos Campeões 2007/2008

FC Porto - Schalke 04, 1-0 4-1 g.p. (0-1) (Lisandro López 86')
Chelsea - Olympiacos, 3-0 (0-0 na 1.ª mão) (Ballack 5', Lampard 25', Kalou 48')
Real Madrid - AS Roma, 1-2 (1-2) (Raúl 75'; Taddei 73', Vucinic 90')
Inter de Milão - Liverpool (dia 12 março)

Tudo sobre o dia de ontem, aqui.

Vídeos

FC Porto 1-0 4-1 g.p. Schalke 04
Lisandro López 86'


Real Madrid 1-2 AS Roma
Taddei 73'
Raúl 75'
Vucinic 90'



Chelsea 3-0 Olympiacos
Ballack 5'
Lampard 25'
Kalou 48'



Vem fazer parte da equipa do Desportugal (saber mais neste link)

Add to Technorati Favorites

Fotos: Fox

Página Inicial

8 comentários:

  1. pedro oliveira06 março, 2008 18:00

    Ainda estou tramautizado a ver estas imagens da eliminação do Porto. Injusto até dizer basta. Que equipa mais ranhosa a do SCH 04. Piores que a Grécia.

    ResponderEliminar
  2. Eliminação lamentável do Porto. Foi um jogo emocionante de se ver e penso que o Porto poderia ter passado.

    ResponderEliminar
  3. gaspar loureiro06 março, 2008 18:51

    Fomos eliminados porque temos um menino chamado Quaresma, que, enquanto continuar assim nunca será um senhor jogador, e aqui, mais uma vez, ficou provado que ele não tem a mentalidade para ser jogador do FCP. Já ficou provado quando amuou com os assobios.. E outro aspecto: uma coisa é ser casmurro e querer levar a dele avante, outra coisa é ser burro, e ontem Quaresma foi Burro com B grande. Ou muda o seu comportamento e a sua mentalidade (tem o resto da época para o fazer) ou não passará de um bom jogador individual (não de equipa) que tem quebras de forma frequentes.

    Espero que o treinador e a equipa técnica (e possivelmente a administração) tenham tomates e tomem as devidas medidas para salvar o Quaresma e, mais que tudo, salvar as finanças do FCP, pois ele pode valer muito dinheiro.

    ResponderEliminar
  4. O FC Porto fez o suficiente neste jogo para ultrapassar, pelo menos, 3 eliminatórias. Só lhe faltou uma coisa: marcar golos! Responsabilidade? Própria, claro! Azelhice pura. Com expoente no lance do Quaresma que não se perdoa nem a um infantil.

    Foram gigantes: o Pedro Emanuel, o Paulo Assunção e o Lisandro! Fantásticos! Nota 10!

    Agora umas notas soltas:

    1 - De que valeu tanta poupança e gestão do plantel nos últimos jogos? Nada!

    2 - Os auxiliares do árbitro devem ser super-homens. Então não é que conseguiram ver, por duas vezes, o Fucile a fazer lançamentos incorrectos? Todos sabem que isso é impossível, como foi cientificamente comprovado por vários experts quando se discutiu um célebre golo no Benfica - Naval.

    3 - O árbitro esteve bem. Só lhe detectei um erro: poupou o Jones à expulsão. O homem fez faltas atrás de faltas... e numa delas viu-se o árbitro a levar a mão ao bolso e depois a arrepender-se. A expulsão do Fucile é correcta. Pé em riste aos joelhos do adversário é expulsão. Parece-me que só em Portugal é que continuamos a contemporizar com estas situações. Claro que o Hélton também deveria ter sido expulso, mas aí a culpa é do auxiliar que tinha obrigação de avaliar a posição do GR do FCP. O árbitro não tem ângulo suficiente para determinar se ele toca na bola dentro ou fora da área.

    4 - Eleva-se ao endeusamento o GR do Schalke. Ok. Ele até fez uma bela exibição, mas daí a considerá-la tão fantástica... Eu reconheço que para quem não tem há muitos anos um GR que, de vez em quando, consiga fazer defesas "impossíveis" esta exibição deve ser do outro mundo. Basicamente só lhe vi uma grande defesa onde ele até acabou por ter mais sorte do que grande mérito: o lance do Tarik. Tirando isso...

    ResponderEliminar
  5. Porto fez um belo jogo... valeu a enormissima exibição de Neuer...

    Mas tudo seria diferente se aquele lance do Helton defender com as maõs (ainda por cima com as duas, mais claro não há) fora da area tivesse sido sancionado... o lance foi para ai aos 60 e tal min, era mto tempo para jogar com menos 1...

    Quanto a expulsão de Fucile, entrada bruta e descontrolada, mas já vi piores e os jogadores ficarem em campo... Aceita-se a expulsão, mas se fosse amarelo tambem se aceitava.

    O Schalke não tem grandes individualidades (Neuer é um puto novo, Rakitic tambem), Kurany, Asamoah, Jones, Ernst, Rafinha, Krastijc e Haltintop são só bons jogadores mas tem uma optima entreajuda e nota-se força naquela equipa.. Neste momento são junto com o Fenerb. a equipa mais fraca nos quartos da Champions (assim como o Porto seria se lá estivesse)


    Uma palavra para as criticas dos portistas ao Quaresma, a ingratidão é fdd... Haviam de ter um plantel em que se não joga um veterano em fim de carreira a equipa não rende, para verem a importancia de acarinhar um fora de serie... Se naõ o querem mandem no para a luz... a gerencia agradeçe...

    ResponderEliminar
  6. O Real Madrid ja nao é o que era a mt.

    Tem bom jogadores, mas na hora da verdade falha.

    Creio que este ano o Arsenal poderá surpreender e ganhar mm a liga dos campeões. Que grandes jogadores tem a equipa.

    Quanto ao FCP não iam agora iam na proxima.

    ResponderEliminar
  7. perdemos contra uma equipa que em 210 minutos de jogo tentou jogar a bola em apenas 15, de resto limitou-se a defender. Falhar golos atrás de golos não é normal, e já é muito azar para ser chamado disso (ex:alvalade,bessa, hoje,etc).
    Quem falha assim raramente, então aquela do Quaresma no prolongamento é demais, como é que se falha um golo daqueles?!!

    ResponderEliminar
  8. perdemos contra uma equipa que em 210 minutos de jogo tentou jogar a bola em apenas 15, de resto limitou-se a defender. Falhar golos atrás de golos não é normal, e já é muito azar para ser chamado disso (ex:alvalade,bessa, hoje,etc).
    Quem falha assim raramente, então aquela do Quaresma no prolongamento é demais, como é que se falha um golo daqueles?!!

    ResponderEliminar

Home - Desportugal - Blog de Notícias Desportivas