quinta-feira, 1 de maio de 2008

Liga dos Campeões : Resultados da 2ª mão das Meias-finais - Chelsea vence Liverpool por 3-2 e atinge final pela primeira vez

Drogba marcava o terceiro e colocava Chelsea na final

Como diz o ditado, à terceira é de vez, e desta foi para o Chelsea. Os Blues vão jogar a sua primeira final da Liga dos Campeões, graças a difícil vitória sobre o Liverpool por 3-2 no prolongamento. Seis portugueses vão estar em Moscovo no dia 21 de Maio, entre os quais Ricardo Carvalho e Paulo Ferreira que poderão levantar o seu segundo título máximo da Europa. Todos os outros serão estreias absolutas.

O israelita Avram Grant conseguiu o que José Mourinho falhou duas vezes eliminar nas meias-finais o Liverpool, de Rafael Benítez, e dar ao Chelsea, à quarta tentativa, a primeira final da Champions da sua história. Será a terceira final entre equipas do mesmo país, a primeira entre ingleses.

Depois do empate a uma bola em Anfield, na semana passada, a partida de Londres chegou ao fim do tempo regulamentar com o mesmo resultado da primeira mão, depois de um golo de Fernando Torres a meio da etapa complementar ter cancelado o tento inaugural de Drogba pouco depois da meia-hora. No prolongamento, um penálti de Frank Lampard e novo golo de Drogba carimbaram a presença do Chelsea no encontro de Moscovo, a 21 de Maio, de nada valendo o tento de Ryan Babbel.

Com Ricardo Carvalho titular no eixo defensivo (Paulo Ferreira e Hilário nem sequer estiveram no banco de suplentes), o Chelsea, que pôde contar com Lampard após o recente falecimento da sua mãe, entrou decidido na partida e podia ter inaugurado o marcador logo aos seis minutos. Drogba ganhou espaço e rematou fora da área, mas o guarda-redes Pepe Reina negou os intentos ao internacional da Costa do Marfim.

Steven Gerrard e Claude Makelele nas alturas

A formação de Rafael Benítez sentiu enormes dificuldades em acercar-se da baliza de Petr Cech na fase inicial, mas na primeira vez que isso aconteceu quase marcou. Steven Gerrard viu Torres desmarcado na esquerda e o ponta-de-lança do Liverpool entrou na área, mas o guardião checo fez bem a mancha e desviou a bola pela linha de fundo. Aos 19 minutos, o pontapé de Drogba merecia melhor sorte, após excelente jogada do ataque dos "blues", contudo, o remate cruzado da esquerda saiu ligeiramente ao lado do poste mais distante.

Mas depois de Essien falhar por pouco o alvo e Reina ter afastado com os punhos um remate frontal de Michael Ballack, o Chelsea chegou mesmo ao golo aos 33 minutos. Kalou rompeu pelo lado esquerdo, flectiu para dentro e ultrapassou Hyypia - que pouco antes substituíra o lesionado Skrtel -, desferindo um pontapé que Reina defendeu. No entanto, o esférico sobrou para Drogba que, de pronto e descaído para o lado direito, bateu o guardião espanhol.

Fernando Torres empatava a eiminatoria

Antes do intervalo, um livre de Ballack passou a rasar o poste, mas depois do reatamento foram os forasteiros a estar perto do golo. Gerrard colocou em Kuyt, mas o desvio subtil do avançado holandês esbarrou no atento Čech, antes de Reina travar um remate perigoso de Lampard. Com o Chelsea na expectativa, a pressão do Liverpool deu frutos aos 64 minutos. Benayoun embalou da direita para o centro e, perante a fraca oposição adversária, deixou a bola à mercê de Torres que, desta vez, conseguiu bater o guardião checo.

O tento do empate surgiu como corolário do domínio do Liverpool, embora logo a seguir Essien pudesse ter voltado a colocar sua equipa em vantagem, antes de a tentativa de Gerrard ter o mesmo destino. Avram Grant trocou Kalou por Malouda, enquanto o homólogo dos "reds" fez o mesmo entre Benayoun e Jermaine Pennant, mas a partir daqui ambas as equipas arriscaram pouco e o resultado não sofreu alteração, facto que obrigou a prolongamento e que bem-vindo foi...

O Chelsea surgiu no tempo extra com Anelka no lugar de Joe Cole, mas foi o Liverpool a criar perigo quando Hyypia cabeceou ao lado, após canto, antes de Essien ver um golo anulado por posição irregular de três jogadores dos londrinos na altura do remate do ganês. No entanto, o Chelsea voltou a passar para a frente do marcador aos oito minutos do prolongamento. Hyypia tinha o lance controlado na área, mas deixou que Ballack lhe tirasse a bola e depois derrubou o alemão. Incrédulo, o capitão Gerrard pôs as mãos na cabeça e viu Lampard converter com êxito o penálti.

Ricardo Carvalho e Didier Drogba comemoram golo

Benítez trocou Torres por Ryan Babbel - provavelmente devido a problemas físicos - e os adeptos da casa voltaram a festejar segundos antes do fim da primeira parte do tempo extra. Anelka fugiu pela direita e cruzou atrasado para o remate fulgurante de Drogba. Babbel, a três minutos do final, reduziu a diferença num pontapé de fora da área que Cech não conseguiu deter, mas o triunfo já não fugiu ao Chelsea.

O clube de Londres consegue assim a sua primeira final da Liga dos Campeões, e irá discutir com o Manchester United de Cristiano Ronaldo e Nani mais um título neste final de época. Recordar que tal como na Europa, os finalistas lutam a par pela conquista da Premiership.

Vídeo

Chelsea 3-2 Liverpool [4-3] (a.p.)
Drogba, 33', 105'
Fernando Torres, 64'
Lampard, 98'
Babel, 116'


Add to Technorati Favorites

Fotos: Fox

Página Inicial

3 comentários:

  1. andré castro01 maio, 2008 04:37

    É verdade, 5 jogadores portugueses na final da Liga dos Campeões!!! Penso que isto é sempre excelente para Portugal mesmo não jogando todos, e vem mostrar ao Mundo, se é que ainda havia duvidas, de onde provem uma boa parte da excelente matéria prima que representa a maioria dos grandes clubes europeus.
    Somado a isso temos mais uma curiosidade fruto do acaso ou se calhar nem tanto, do lado do Manchester militam dois ex-jogadores do Sporting (Cristiano Ronaldo e Nani), do lado do Chelsea dois ex-portistas (Ricardo Carvalho e Paulo Ferreira)!!! Em perspectiva uma espécie de Sporting - FC Porto ou vice-versa e penso eu que ainda poderão entrar em campo mais dois jogadores nossos conhecidos, um para cada lado (Hilário e Anderson).

    É só mais uma das varias curiosidades a apimentar esta grande final entre o Chelsea e o Manchester, pelo menos assim o espero pois elas são sem duvida duas ENORMES equipas, penso mesmo que esta final será uma das mais acertadas de sempre, em qualidade claro.

    ResponderEliminar
  2. Vão ser duas finais entre estes 2 clubes por 2 titulos. ehehe vai ser electrizante esta parte final época na Inglaterra.

    Que ganhe o melhor e seja o futebol.

    ResponderEliminar
  3. Toda a actualidade sobre futebol, comentada por 4 benfiquistas, 3 sportinguistas e 2 portistas num blog só:

    http://amesaredonda.blogspot.com/

    Também a actualidade futebolística é discutida no Águia de Ouro:

    http://aguia-de-ouro.blogspot.com/

    Visitem...

    PS: Se quiserem adicionar à barra lateral nós fazemos o mesmo convosco!

    Saudações bloguistas!

    ResponderEliminar

Home - Desportugal - Blog de Notícias Desportivas