quinta-feira, 10 de setembro de 2009

CONMEBOL: fase de qualificação - Com hat-trick, Brasil passa pelo Chile; Argentina perde novamente e Paraguai se classifica.

A Seleção Brasileira, mesmo com um jogador a menos por quase toda a segunda etapa, venceu o Chile por 4 a 2, nesta quarta-feira, em jogo válido pela 16ª jornada das eliminatórias sul-americanas para o Mundial de 2010. O destaque da partida foi o atacante Nilmar, que marcou três vezes. Se com o time de Dunga tudo vai bem, com a Argentina de Maradona as coisas seguem de mal a pior. O Paraguai venceu-a por 1 a 0 e garantiu vaga na Copa.

Atuando no estádio de Pituaçu (30 mil pagantes), em Salvador, a seleção chilena de Marcelo Bielsa começou com a iniciativa dos ataques, mas a primeira oportunidade foi brasileira. Aos sete minutos, Luisão quase abriu o placar, mas sua cabeçada foi interceptada por Matias Fernandez. Dez minutos depois, Fernandez também ficou no quase, parando no arqueiro Julio César.

Aos 32’, o primeiro gol. Daniel Alves cruzou e Nilmar concluiu para as redes. Julio César novamente apareceu aos 39’, negando o gol a Suazo. A resposta brasileira veio dois minutos depois: a defesa chilena se atrapalhou, e Daniel Alves serviu Júlio Baptista: 2 a 0. No final do primeiro tempo, Felipe Melo cometeu pênalti em Sanchez. Suazo converteu e descontou.

Nilmar tem quatro gols nas eliminatórias

No segundo tempo, aos 49 minutos, Felipe Melo cometeu falta dura sobre o mesmo Sanchez, e acabou expulso. Com 10 contra 11, a Seleção segurou o 2-1 por apenas quatro minutos: cruzamento da esquerda e Suazo finalizou bonito para igualar o escore. O Brasil vivia seu pior momento em campo, com muitos erros de passes.


Brasil teve Felipe Melo (5) expulso

Em meio a tudo isso, Nilmar foi decisivo. Aos 74’, o atacante do Villarreal escorou cruzamento de Maicon e botou a Seleção novamente em vantagem. Dois minutos depois, ele de novo: Maicon bateu, Bravo deu rebote e o camisa 11 anotou o hat-trick. Perto do fim, Sanchez ainda foi expulso, e o Chile vai para as duas rodadas finais ainda buscando uma vaga.

Em Assunção, a Argentina acabou derrotada por 1 a 0, resultado que assegurou os paraguaios pela terceira vez consecutiva no Mundial. A equipe guaraní controlou o jogo, antes de abrir o placar já havia colocado duas bolas no poste defendido por Romero. Aos 28 minutos, boa jogada no ataque paraguaio concluída por Haedo Valdez, num chute cruzado: 1-0.


Argentina precisa vencer o Peru na próxima rodada

Aos 52 minutos, Verón recebeu seu segundo cartão amarelo e deixou os comandados de Maradona com um a menos. A equipe pouco ou nada ameaçou o gol de Villar - o Paraguai abdicou de atacar. O desespero argentino ficou caracterizado quando Maradona colocou em campo o zagueiro Schiavi, estreando na seleção aos 36 anos, para tentar ganhar as bolas áreas ofensivas. Não funcionou. A Argentina tem uma partida fácil na próxima rodada (recebe o Peru), mas na jornada derradeira vai ao Uruguai, no que pode ser um confronto direto por uma vaga.

Suarez fez o primeiro do Uruguai

Depois de tropeçar no Peru, o Uruguai conseguiu se recuperar vencendo confronto direto contra a Colômbia, em Montevidéu. A celeste abriu o placar cedo (Suarez, aos seis minutos), mas viu os visitantes terem o comando da partida no restante do tempo. O empate, contudo, surgiu apenas aos 64’, em cabeçada de Martinez. E justamente quando levou o empate, o time uruguaio melhorou e chegou à vitória com gols de Scotti e Egurén. Com 21 pontos, o Uruguai ainda visita o Equador e recebe a Argentina.

Quem se deu bem foi o Equador, que assumiu o quarto lugar vencendo a Bolíem se deu bem foi o Equador, que assumiu o quarto lugar vencendo a Bolno que pode ser um confronto direto por uma vaga. tempo. via por claros 3 a 1, em La Paz. Já a Venezuela se manteve com esperanças de chegar à repescagem ao vencer o Peru pelo mesmo placar.

Na penúltima rodada, em 10 de outubro, teremos os seguintes jogos: Colômbia-Chile, Argentina-Peru, Bolívia-Brasil, Equador-Uruguai e Venezuela-Paraguai. Quatro dias depois, ocorre a última jornada, com Brasi-Venezuela, Chile-Equador, Paraguai-Colômbia, Peru-Bolívia e Uruguai-Argentina.

Resultados da 16ª jornada das eliminatórias sul-americanas - Mundial 2010


Bolívia - Equador, 1-3 (Yecerotte 86’; Mendez 6’, Valencia 47’, Benitez 57’)
Uruguai - Colômbia, 3-1 (Suarez 6’, Scotti 77’, Egurén 88’; Martinez 64’)
Paraguai - Argentina, 1-0 (Valdez 28’)
Venezuela - Peru, 3-1 (Fedor 33’, 52’, Vargas 71’; Fuenmayor [contra] 42’)
Brasil - Chile, 4-2 (Nilmar 32’, 74’, 76’, Júlio Baptista 41’; Suazo 45’, 53’)

Classificação


1. Brasil, 33 pontos
2. Paraguai, 30
3. Chile, 27
4. Equador, 23
5. Argentina, 22
6. Uruguai, 21 [saldo 8]
7. Venezuela, 21 [saldo -5]
9. Colômbia, 20
9. Bolívia, 12
10. Peru, 10

Vídeos

Brasil 4-2 Chile



Paraguai 1-0 Argentina


Uruguai 3-1 Colômbia


Bolívia 1-3 Equador


Venezuela 3-1 Peru


Texto: Matheus Rocha (correspondente e coloborador do Desportugal no Brasil) [fotos: Terra]

Página Inicial

2 comentários:

  1. Obrigado Brasil $$$ e tu sabes bem do que estou a falar né MATHEUS.

    Parabéns ao PAR e a Arg tá mesmo complicado tar no Mundial.

    abraço

    ResponderEliminar
  2. Falta menos de uma semana para terminar o prazo do passatempo "Liga do Sábio"...

    Joga já!

    www.futebolodesportorei.blogspot.com

    ResponderEliminar

Home - Desportugal - Blog de Notícias Desportivas