quinta-feira, 12 de março de 2009

Liga dos Campeões: Resultados da 2ª mão dos Oitavos-de-final - FC Porto elimina Atlético de Madrid e alcança G8

Equipa inicial do FC Porto frente ao Atlético de Madrid

Depois da vergonha de ontem, o FC Porto minimizou os estragos na reputação do futebol português ao eliminar o Atlético de Madrid, beneficiando dos golos marcados no Vicente Calderon. A humilhação do Sporting, na véspera, correu mundo e abanou a credibilidade da nossa Liga, que apesar de não ser equivalente a uma Premier League, Serie A ou Liga BBVA, consegue sucessivamente feitos estraordinários de colocar equipas nas fases mais avançadas. Gostava de ver o Manchester, Inter, etc, lutar com os orçamentos que os nossos clubes dispõem, frente às grandes potências económicas e registarem melhores resultados que nós.

Futebol português sempre e espero que o Braga, mais logo, nos volte a dar uma alegria em Paris.

Hulk com Simão por perto

Cinco anos depois, o FC Porto está outra vez entre as oito melhores equipas da europa, num dia em que Jesualdo Ferreira conseguiu, finalmente, à terceira tentativa, matar o borrego de cair sempre nos oitavos da Champions. O empate a dois golos arrancado há 15 dias em Madrid acabou por ser precioso, bastando aos dragões um nulo para carimbar o passaporte que valeu mais 2,5 milhões de euros (a juntar aos 10 milhões já arrecadados). Se tivesse de existir um vencedor, seria o Porto. Sobretudo pela segunda parte. Mas o guarda-redes Leo Franco conseguiu manter as suas redes invioláveis, num jogo em que um golo do Atlético de Madrid teria deitado tudo a perder. Jesualdo apresentou a equipa esperada, com Sapunaru no lado direito da defesa na vez do adaptado Tomás Costa. Já o Atlético, surgiu no Dragão num esquema táctico diferente do habitual.

Fórlan ficou no banco e Aguero, o genro de Maradona, foi o único avançado fixo, com Simão à esquerda, Maxi no meio a Pongolle à direita. Como já se previa, sempre que Simão e Paulo Assunção (grande primeira parte) tocavam na bola, choviam assobios da bancada. O primeiro pelo seu passado... o segundo pela traição no final da época. Os dragões começaram bem o jogo, com Raul Meireles e Rodríguez em evidência. Mas a partir dos 25', o Atlético cresceu, numa fase em que ficou um penálti por marcar após falta de Bruno Alves sobre Simão. Este dois lances pareceram acordar os colchoneros, que a partir daí começaram a encostar o FC Porto. Mesmo assim, amelhor oportunidade pertenceu aos dragões, com Fernando a rematar forte para boa defesa do guardião espanhol.

Rolando e Hélton festejam apuramento do FC Porto

A segunda parte foi quase toda do FC Porto, sobretudo a partir do momento em que o treinador do Atlético tirou Maxi Rodriguez e lançou Fórlan.Omeio-campo espanhol foise abaixo e os dragões começaram a coleccionar oportunidades de golo. Só que o guarda-redes Leo Franco foi impedindo que o FC Porto matasse a eliminatória. Lisandro, que na primeira parte tinha estado apagado, apareceu finalmente na partida – obrigou o guardião do Atlético a uma defesa apertada e atirou uma bola ao poste. Pelo meio, Rodríguez, um diabo à solta do lado esquerdo do ataque portista, já tinha cabeceado com muito perigo. Do Atlético só surgiam ataques tímidos. A entrada de Forlán não trouxe os efeitos esperados e Aguero esteve longe do que já mostrou. Agora, nos quartos-de-final, venha um tubarão. Entre Manchester United, Chelsea, Liverpool, Barcelona, Bayern, Arsenal e Villarreal, talvez esta última seja a mais acessível.

Cristiano Ronaldo fazia de cabeça o 2-0

O Manchester United parece ser um dos mais fortes candidatos a estar na final de Roma. Cristiano Ronaldo saiu a sorrir do confronto com José Mourinho. O craque português marcou o segundo golo do Manchester United na vitória por 2-0 sobre o Inter Milão, depois do 0-0 de há duas semanas em Itália. Os red devils mantêm vivo o sonho de conseguirem vencer cinco troféus numa época, enquanto o treinador de Setúbal não quebrou a tradição: é o terceiro ano consecutivo que os nerazzurri ficam nos oitavos- de-final. O triunfo do Manchester começou logo aos 4', quando Nemanja Vidic aproveitou uma incrível falha de marcação de Patrick Vieira para bater Júlio César.

O Inter reagiu e ainda obrigou Van der Sar a sujar os calções, mas os adeptos do United continuaram em festa, a cantar "Senta-te, Mourinho" e "Já não és especial". Cristiano Ronaldo, que até essa altura tinha estado discreto, desfez as dúvidas com uma bela cabeçada aos 49', respondendo a um cruzamento de Wayne Rooney. O melhor que o Inter fez foi atirar uma bola ao poste, por Adriano, aos 59'. Luís Figo entrou aos 70', possivelmente para jogar os últimos minutos da sua carreira na Liga dos Campeões, competição que venceu em 2002 pelo Real Madrid.

Henry e Eto´o festejam golos ao Lyon

O Barcelona voltou à forma que demonstrou no início da temporada, dando 5-2 ao Olympique Lyon. Thierry Henry, que já tinha marcado no empate 1-1 em França, bisou entre os 25' e 27'. Depois surgiu o génio de Messi aos 40' e o instinto matador de Samuel Eto'o.O Lyon estava completamente derrotado, mas conseguiu reagir com golos de Makoun, aos 44', e Juninho, logo a abrir a segunda parte. A fase final da partida foi de muitas entradas duras, mas Camp Nou terminou em festa com o quinto golo do Barça, apontado por Keita.

Festa do Arsenal em Roma

No estádio olímpico de Roma, o Arsenal perdeu por 1-0, resultado que empatou a eliminatória, tendo em conta a vitória por 1-0 dos londrinos na primeira mão. Juan, aos 9', marcou para a equipa italiana o único golo no tempo regulamentar. No prolongamento não houve golos e no desempate por penáltis, o Arsenal falhou uma vez enquanto a equipa da casa falhou duas. Tonetto falhou o 16.º remate e confirmou a força do futebol inglês, que se junta assim a Liverpool, Chelsea e Manchester nos quartos-de-final da prova. Um pleno dos clubes ingleses, à semelhança do que aconteceu na mesma eliminatória do ano passado.

Resultados da 2ª mão dos Oitavos-de-final da Liga dos Campeões 2008/2009

AS Roma - Arsenal, 1-0 (6-7)*, (0-1 na 1.ª mão) (Juan 9')
FC Porto - Atlético Madrid, 0-0, (2-2)
Manchester United - Inter, 2-0, (0-0) (Vidic 4' e Cristiano Ronaldo 49')
Barcelona - Lyon, 5-2, (1-1) (Henry 25' e 27', Messi 40', Eto'o 43', Keita 95'; Makoun 44', Juninho 48')
Bayern Munique - Sporting, 7-1 (5-0 na 1.ª mão) (Podolski 7' e 34', Anderson Polga 39', Schweinsteiger 43', Van Bommel 74', Klose 82' gp, Müller 90'; João Moutinho 42')
Liverpool - Real Madrid, 4-0 (1-0 na 1.ª mão) (Fernando Torres 15', Gerrard 28' gp e 47', Dossena 85')
Juventus - Chelsea, 2-2 (0-1 na 1.ª mão) (Iaquinta 19', Del Piero 74' gp; Essien 46', Drogba 83')
Panathinaikos - Villarreal, 1-2 (1-1 na 1.ª mão) (Mantzios 55'; Ibagaza 49', Llorente 70')

Vídeos

FC Porto 0-0 Atlético Madrid


Manchester United 2-0 Inter de Milão
Vidic 4'
Cristiano Ronaldo 49'



Barcelona 5-2 Lyon
Henry 25' e 27'
Messi 40'
Eto'o 43'
Makoun 44'
Juninho 48'
Keita 95'


AS Roma 1-0 (6-7 pen) Arsenal
Juan 9'


Add to Technorati Favorites

Fotos: AP

Página Inicial

8 comentários:

  1. Somos os melhores, ja estamos entre os 8 melhores da europa, mais uma vez.

    Grande jogo e mais uma vez a sorte esteve do lado Atletico, o Porto tanto atacou mas nao conseguiu, o necessario ta feito.
    Ficou 0-0 mas podia ter sido mt melhor, Ja tamos nos quartos, nem mais. Gostei da atitude do Jesualdo, hoje mostrou se um treinador vitorioso, é preciso continuar assim senao nao continua ca. Somos os Melhores.... e mais nada. Até os comemos Carago..!

    Grande Porto!

    Portugal continua graças à Invicta.

    Cumprimentos pra todos os portugueses.

    ResponderEliminar
  2. Hugo Rodrigues12 março, 2009 05:31

    Na proxima fase, nao vai ser facil, é mesmo só tubaroes.
    O Porto tem hipotese de passar se encontrar o villareal pelo caminho, os outros ja é preciso jogar com a cabeça.
    O Porto com esta passagem, ja oferece mts pontos a Portugal e ajuda e mt as outras equipas portuguesas.Cumps

    Estao de Parabens.

    ResponderEliminar
  3. Nada melhora o astral dos lisboetas do Sporting! O time do Porto é composto por bons jogadores q podem ainda surpreender mais! Td depende d suor, suor, suor e um pouquinho de sorte! Lisandro matador e o incrível Hulk vão dar trabalho ainda! Abrass

    ResponderEliminar
  4. torço por uma boa campanha do Porto, mais na real o campeão msmo será o Liverpool, you will never walk alone!!!!!!!!!!

    ResponderEliminar
  5. Muito sinceramente não esperava ver o Manchester nos 4 de final, não que tenha capacidade para isso,mas normalmente o vencedor anterior não costuma ir longe- Certo é que já tem o campeonato no bolso e arrisca-se a vencer mais do que no ano passado.

    Quanto aos restantes clubes ingleses, voto no Arsenal, mal na LInglesa e poderá surpreender, quem sabe vencer a Champions.

    O clube que este ano merece sem dúvida pela qualidade exibida é o Barcelona. Uma final Barça - Manchester United era feriado mundial.

    Quanto ao Porto, se chega às 1/2 finais, tudo pode acontecer.

    Grande abraço e sucesso neste blogue 5 estrelas.

    ResponderEliminar
  6. O Porto mostrou de facto a força que está presente nos campeoes e por isso dou os meus sinceros parabéns aos seus jogadores, aos seus adeptos.

    È esta raça que distingue as equipas e apesar de aqui e ali a equipa parecer perdida creio que souberam ser inteligentes quando mais precisavam conseguindo nao digo vulgarizar porque como equipa o Atlético é vulgar mas dominar as suas principais referencias e assim sair por cima e libertar o seu futebol.

    ResponderEliminar
  7. A ordem crescente de dificuldade, na teoria,quanto a mim é esta:

    VILLARREAL/FC PORTO =
    ARSENAL
    LIVERPOOL
    CHELSEA
    BAYERN MUNIQUE
    MANCHESTER UNITED
    BARCELONA

    ResponderEliminar
  8. Não poso deixar passar em claro o rendimento dos clubes italianos nos últimos tempos. Tem equipas excelentes, com jogadores do melhor que existe e a jogar fora de casa são uns medrosos, sempre com tácticas de medo. Se jogassem como fazem os ingleses teriam muito melhores resultados.

    Parabéns ao FCP

    Saudações desportivas

    ResponderEliminar

Home - Desportugal - Blog de Notícias Desportivas