segunda-feira, 3 de setembro de 2007

Liga Portuguesa ( Bwin Liga) : 3 ª jornada - Marítimo lidera a par com FC Porto. Benfica soma primeira vitória

Porto passou em Leiria

Para já e a título excepcional, os jogos dos grandes foram inseridos num único post e não com crónicas individuais, como regra habitual, devido a comprimissos particulares que tive este fim-de-semana e que atrasou o normal funcionamento.

Sobre esta terceira jornada e abordando os 3 suspeitos do costume e restantes jogos, nada de surpresas. Esta é a melhor forma de passar em análise a a Bwin Liga. Os três grandes venceram, o Sporting de Braga venceu e o surpreendente Marítimo continua a surpreender.

Em Leiria, ponto final no fantasma do Dr. Magalhães Pessoa para o FC Porto. Depois da derrota da temporada passada e de ter perdido, neste mesmo estádio, a Supertaça para o Sporting, a equipa azul-e-branca ultrapassou o trauma do Lis.

A chave do jogo teve o nome do costume: Ricardo Quaresma. A magia do "harry potter" esteve bem presente em Leiria, e bastaram dois toques de magia do "7" para abrir caminho para um triunfo que se afigurava difícil mas que acabou por ser fácil.

O FC Porto começou a construir a vitória aos 39 minutos. Quaresma abriu o livro, centrou e Tarik Sektioui apareceu ao segundo poste a inaugurar o marcador. O marroquino confirmou em Leiria a boa fase que atravessa, e que o fez convencer Jesualdo Ferreira.

O intervalo chegou com os "dragões" em vantagem, e a segunda metade começou com o segundo golo dos campeões nacionais. Canto de Quaresma (outra vez), falha da defesa leiriense, Bruno Alves centra e golo de Lisandro. O jogo estava decidido, mas Quaresma ainda tinha mais um coelho para tirar da cartola. Aos 65 minutos, livre do extremo e golo de João Paulo, a cabecear junto ao primeiro poste. O defesa, ex-União de Leiria, estreou-se a marcar pelo FC Porto.
O campeões nacionais facilitaram assim uma tarefa que se adivinhava difícil. Com três jornadas disputadas, os dragões conquistaram nove pontos, e dividem a liderança com o Marítimo.

É mesmo do jogo dos insulares a "estória" mais caricata da ronda. Aos três minutos de jogo, Makukula fez o 1-0 para o Marítimo, nos festejos viu o amarelo e, três minutos depois, foi expulso. No entanto, o golo do antigo internacional sub-21 português foi suficiente para lançar a equipa de Sebastião Lazaroni para a terceira vitória consecutiva. Makukula é aliás, o melhor marcador da liga, até ao momento, a par de Fajardo. Depois vem uma lista de quatro jogadores com dois tentos: Liedson, Cardozo, Quaresma e Kanu.

Liedson decisisivo

Em Alvalade, o Sporting teve que esperar muito para alcançar a vitória de 1-0 sobre o Belenenses .A resistência durou até aos 79 minutos, altura em que Liedson correspondeu de cabeça a um cruzamento milimétrico de Vukcevic.
No entanto, e apesar do triunfo, Paulo Bento não pode estar satisfeito com a exibição do Sporting. O futebol foi lento, previsível e muito mastigado, permitindo sempre que a boa organização do Belenenses fosse impedindo danos maiores. Na primeira parte, foi mesmo dos azuis o lance mais perigoso, com um remate de Ruben Amorim ao poste da baliza de Stojkovic. Antes, já Costinha tinha feito duas belas intervenções, negando golos a Ronny e Izmailov.

Costinha estava a ser o melhor jogador do Belenenses, a para de Ruben Amorim. Até que aos 51 minutos, travou Liedson na área após uma tablinha perfeita entre o "31" e Derlei. Penalty e expulsão para o guarda-redes azul, que, assim, comprometeu os objectivos da equipa. Marco Gonçalves entrou para o lugar de Zé Pedro e, na primeira intervanção, parou a grande penalidade de João Moutinho e a recarga de Liedson.
Na era Paulo Bento, os leões já beneficiaram de 13 grandes penalidades, marcando 6 e falhando 7. Números que dão que pensar ao treinador verde-e-branco.

Perante o empate, Paulo Bento arriscou tudo, tirou Izmailov e Tonel (66') e colocou Purovic e Yannick Djaló, já depois de ter lançado Vukcevic para o lugar de Miguel Veloso. O Sporting carregou, carregou, e acabou por marcar. Inevitavelmente, foi Liedson o autor do golo. O levezinho voltou a resolver, e o Sporting voltou às vitórias.

Benfica venceu 1º jogo na Liga Portuguesa

Quanto ao Benfica, duas vitórias, um empate. O efeito Camacho começa a fazer efeito. Depois de garantir a qualificação para a Liga dos Campeões, com uma vitória tangencial em Copenhaga, o Benfica deslocou-se à Choupana, um terreno onde normalmente tem dificuldades, e venceu o Nacional por uns expressivos 0-3.

Cardozo, por duas vezes, e Rui Costa, fizeram os golos num jogo em que Di Maria, Maxi Pereira e Cristian Rodriguez se estrearam na Bwin Liga. E se os uruguaios ainda precisam de mais jogos para que deles se possa ter uma ideia mais concreta, Di Maria não engana. O jovem argentino é mesmo craque. Foi ele o desiquilibrador, o jogador que levou a equipa para a frente nos momentos de maior apatia. Não é Simão, tem características bem diferentes, mas o novo "20" parece apostado em dar as mesmas alegrias que o velho.Foi dele o passe para Cardozo desperdiçar a primeira oportunidade do jogo. Foi sol de pouca dura, já que aos 17 minutos, o "Tacuara" marcou mesmo, aproveitando um erro enorme de Diego Benaglio, que colocou a bola nos pés do paraguaio.

Do Nacional, apenas se viu na primeira parte um cabeceamento de Fellype Gabriel, à passagem da meia-hora, que obrigou Quim a grande defesa. De resto, a equipa alvi-negra só conseguiu incomodar o "12" do Benfica através de lances de bola parada.
O jogo entrou numa fase desinteressante, com ambas as equipas a praticarem um futebol pouco entusiasmante. Foi assim até ao minuto 69, altura em que a classe de Rui Costa surgiu. O "10" pegou na bola, tirou dois adversários do caminho e rematou cruzado, de fora da área, para o fundo das redes de Benaglio.

O vencedor estava encontrado, mas ainda faltava Cardozo confirmar o "bis". Maxi Pereira foi derrubado em falta na grande área e, de grande penalidade, o paraguaio fez terceiro golo do Benfica. Até ao final, a história do jogo conta-se apenas no número de oportunidades que os encarnados desperdiçaram.Primeira vitória do Benfica nesta edição da Bwin Liga, respondendo aos triunfos de FC Porto e Sporting e mantendo, desta forma, a distância para os seus rivais.

O Braga ganhou de ‘virada’ e com tremenda raça ao Estrela da Amadora e mostra um poder de fogo tão incomum como a turbulência que parece acompanhar os treinadores do Braga desde a saída de Jesualdo. O desabafo-acusação de Jorge Costa no final do jogo foi muito esquisito e deixa entrever dissensões internas.

Olhando para a jornada, marcaram-se 18 golos, igualando o registo da primeira ronda. O Benfica e o FC Porto foram as equipas com a pontaria mais afinada, marcando três golos cada, enquanto o jogo entre Leixões e Vitória de Guimarães foi o que teve avançados com mais pontaria (2-2) e os golos mais vistosos.

Na classificação, o FC Porto lidera, a par do Marítimo, com 9 pontos. O Sporting surge logo atrás, com 6, os mesmos que o Sporting de Braga e mais um do que o Benfica.
Na próxima jornada, a quarta, o FC Porto recebe o Marítimo, num jogo de líderes, o Benfica joga na Luz com a Naval e o Sporting faz uma curta viagem à Reboleira, para defrontar o Estrela da Amadora.

Resultados da 3º jornada da Liga Portuguesa - BwinLiga 2007/2008

Nacional - Benfica, 0-3 (Cardozo 18' e 77', Rui Costa 69')
Naval - V. Setúbal, 0-0
Marítimo - Académica, 2-0 (Makukula 3', Bruno 70')
Leixões - V. Guimarães, 2-2 (Paulo Machado 6', Vieirinha 36'; Fajardo 20', 79')
Sp. Braga - E. Amadora, 2-1 (Rodriguez 82', Linz 90', Ndiaye 9')
P. Ferreira - Boavista, 1-1 (Cristiano 34'; Bangoura 83')
Sporting -B elenenses, 1-0 (Liedson 80')
U. Leiria - FC Porto, 0-3 (Tarik Sektioui 37', Lisandro López 49', João Paulo 65')


Classificação da BwinLiga

1 Marítimo 9 pontos
2 FC Porto 9 pontos
3 Sporting 6 pontos
4 Sp. Braga 6 pontos
5 Benfica 5 pontos
6 Est.Amadora 4 pontos
7 V. Guimarães 3 pontos
8 V. Setúbal 3 pontos
9 Leixões 3 pontos
10 Boavista 2 pontos
11 P. Ferreira 2 pontos
12 U. Leiria 2 pontos
13 Naval 2 pontos
14 Nacional 2 pontos
15 Belenenses 1 pontos
16 Académica 1 pontos

Vídeo de todos os golos da 3º jornada da Liga Portuguesa




Vem fazer parte da equipa do Desportugal (saber mais neste link)


Fotos: Reuters

Página Inicial

7 comentários:

  1. Não vou falar dos grandes,mas sim dos gigantes Leixões e Vitória que deram um excelente espectáculo na sexta-feira. Estou a apreciar muito o Fajardo e o Vierinha e P.Machado estão a mostar também muitas qualidades.

    ResponderEliminar
  2. O Scolari podia muito bem ter chamado o melhor avançado "português" do momento - MAKUKULA.

    FORÇa Porto

    ResponderEliminar
  3. Boa vitoria do SLB na Madeira perante um Nacional bem fraquinho.
    O Benfica cria mts opurtunidades é pena falharem tantas podia ter obtido um resultado historico.

    O Di maria é jogador mas está sempre a fugir para o meio se o Leo se consegue libertar na ala criamos perigo se nao afunilamos o jogo e as coisas ficam complicas.

    E o Miguel Vitor pá o puto é brilhante parece que já joga na 1ª equipa do Benfica à anos e com ele a titular ainda nao sofremos 1 golo.

    ResponderEliminar
  4. maritimo e braga vao lutar pelo 4o lugar ou quem sabe até pelo 3o... o maritimo e o braga tem ambos excelentes equipas este ano

    ResponderEliminar
  5. gabriel gonçalves05 setembro, 2007 03:13

    Uma jornada super normal e sem sequer 1 surpresa. Os jogos foram aceitáveis na generalidade, mas acho que falta ao futebol por cá, mais atrevimento ofensivo ao invés de passarem a jogarem sempre à defesa.

    ResponderEliminar
  6. Dí Maria - Atenção a este puto.Fajardo com já se disse aqui, promete.

    ResponderEliminar
  7. Mto bom blog gostei mto. mto bem organizado e explicito. desculpe la invasão mas se poder vá a http://bwinliga1.blogspot.com/

    ResponderEliminar

Home - Desportugal - Blog de Notícias Desportivas