domingo, 26 de agosto de 2007

Fórmula 1: Felipe Massa vence na Turquia

O piloto brasileiro Felipe Massa, da Ferrari, venceu esta tarde o Grande Prémio da Turquia, em Fórmula 1. O brasileiro ficou à frente de Kimi Raikkonen, que completou a "dobradinha" para a "Scuderia", ao passo que o campeão do Mundo, Fernando Alonso, terminou a corrida no lugar mais baixo do pódio.

Massa partiu da pole-position, e no arranque o "Ice Man" ultrapassou Lewis Hamilton, colando-se atrás do seu companheiro de equipa logo desde inicio. Alonso arrancou muito mal, e foi ultrapassado pelos dois BMW de Kubica e Heidfeld, o que o fez perder muito tempo na primeira parte da corrida. Veio a primeira paragem nas boxes, e aí o espanhol finalmente ultrapassou os dois carros da BMW, mas já muito longe do trio da frente, que se mantinha inalterável.



Mas o momento que marcou esta corrida foi a 43ª volta. Os Ferrari já tinham parado, e Hamilton liderava provisoriamente a corrida, tentando ganhar algum tempo aos carros italianos. Mas um furo no pneu dianteiro deitou tudo por terra para o piloto inglês, que teve que ir para a box nessa volta e acabou por ficar no quinto lugar, atrás do alemão Nick Heidfeld. Em sexto ficou o jovem Heikko Kovalainen, da Renault, seguido de Nico Rosberg, ao volante de um Williams. A fechar os lugares pontuáveis ficou o polaco Robert Kubica, que perdeu muitos lugares nos reabastecimentos.



Destaque ainda para mais uma boa corrida de Anthony Davidson, ao volante de um Super Aguri, que terminou no 14º posto. Quem continua a desiludir é o brasileiro Rubens Barrichello. O piloto da Honda não fez melhor que o 17º luigar, bem pior que o seu companheiro, Jenson Button, no 13º.



Desta forma, no Mundial de pilotos Fernando Alonso aproximou-se de Lewis Hamilton, estando agora a apenas cinco pontos do jovem inglês. Kimi Raikkonen está mais longe, a 16, atrás de massa que tem 15 pontos a menos que Hamilton. Mas com quatro corridas pra o final da época, está prometida ainda muita emoção e intensidade. No mundial de constructores, a situação é semelhante, já que a Ferrari está agora apenas a onze pontos da McLaren. Em terceiro está a BMW-Sauber com 78 pontos.

CLASSIFICAÇÃO:
1. Felipe Massa (BRA/Ferrari) 1,26,42,161 horas (média: 214,108 km/hora);
2. Kimi Räikkönen (FIN/Ferrari), a 2,2 segundos;
3. Fernando Alonso (ESP/McLaren-Mercedes), a 26,1;
4. Nick Heidfeld (GER/BMW Sauber), a 39,6;
5. Lewis Hamilton (GBR/McLaren-Mercedes), a 45,0;
6. Heikki Kovalainen (FIN/Renault), a 46,1;
7. Nico Rosberg (GER/Williams), a 55,7;
8. Robert Kubica (POL/BMW Sauber), a 56,7;
9. Giancarlo Fisichella (ITA/Renault), a 59,4;
10. David Coulthard (GBR/Red Bull), a 1:11.0 minutos.
11. Alexander Wurz (AUS/Williams), a 1:19:6 minutos
12. Ralf Schumacher (GER/Toyota), a 1 volta
13. Jenson Button (GBR/Honda), a 1 volta
14. Anthony Davidson (GBR/Super Aguri), a 1 volta
15. Vitantonio Liuzzi (ITA/Toro Rosso), a 1 volta
16. Jarno Trulli (ITA/Toyota), a 1 volta
17. Rubens Barrichello (BRA/Honda), a 1 volta
18. Takuma Sato (JAP/Super Aguri), a 1 volta
19. Sebatien Vettel (ALE/Toro Rosso), a 1 volta
20. Sakon Yanamoto (JAP/Spyker), a 2 volta
21. Adrian Sutil (ALE/Spyker), a 5 voltas (desistiu)
22. Mark Webber (AUS/Red Bull), desistiu

Mundial de Pilotos:
1. Lewis Hamilton (GBR/McLaren-Mercedes), 84
2. Fernando Alonso (ESP/McLaren-Mercedes), 79
3. Felipe Massa (BRA/Ferrari), 69
4. Kimi Räikkönen (FIN/Ferrari), 68
5. Nick Heidfeld (GER/BMW Sauber), 47
6. Robert Kubica (POL/BMW Sauber), 29
7. Heikki Kovalainen (FIN/Renault), 19
8. Giancarlo Fisichella (ITA/Renault), 17
...
16. Sebastien Vettel e Jenson Button, 1
18. Oito pilotos com zero pontos

Mundial de Constructores:
1. McLaren-Mercedes, 148 pontos
2. Ferrari, 137
3. BMW, 77
4. Renault, 36
5. Williams, 22
...
10. Toro Rosso e Spyker, 0

Fotos: DPPI


Página Inicial

2 comentários:

  1. Corrida sem grandes emoções, boa vitória do Massa pra manter-se perto de Alonso e Hamilton. O inglês teve muito azar hoje... Grande corrida das BMW, novamente.

    ResponderEliminar
  2. MIGUEL BARBOSA27 agosto, 2007 07:50

    Felipe Massa para mim ganhava o campeonato. A disputa dos grandes candidatos está a passar das marcas. Já não existe desporto é só interesses.

    ResponderEliminar

Home - Desportugal - Blog de Notícias Desportivas