domingo, 26 de agosto de 2007

FC Porto vence Sporting por 1-0

 Jogadores do FC Porto festejam o golo frente ao Sporting

No primeiro grande clássico da temporada, o FC Porto venceu o Sporting por 1-0. Um golo de Raul Meireles resolveu a partida, mas com muita polémica, pois não é totalmente claro que Polga tenha atrasado a bola para Stojkovic no lance que originou o livre indirecto decisivo. Certo é que o FC Porto conquistou os três pontos e interrompeu uma longa invencibilidade do Sporting.

Num estádio lotado, Jesualdo deixou Postiga no banco, preferindo Lisandro como substituto de Adriano, e manteve a confiança em Tarik. Fucile no lugar de Cech foi outra novidade. Ao contrário do homólogo portista, Paulo Bento apostou em reforços, lançando, como previsto, Izmailov no lugar que foi de Vukcevic frente à Académica.

O primeiro fôlego foi leonino, mas rapidamente o dragão pegou no jogo. Explorando os flancos, empurrou o Sporting para trás, sem que isso significasse perigo iminente. De resto, Stojkovic não fez uma defesa, se bem que tivesse sofrido dois calafrios – grande jogada de Tarik, a que Meireles não deu sequência, e um traiçoeiro livre de Quaresma que chocou na barra.

Em duas semanas, o ciganito acertava pela terceira vez no ferro dos leões. Nesta altura, já Tarik e Quaresma tinham trocado de flanco, na melhor fase portista. O Sporting com Veloso, Moutinho e Izmailov obrigados a ajudar atrás – respondia com jogo directo para a dupla Derlei/Liedson, mas sem incomodar Helton. No primeiro tempo, a única tentativa foi de longe, por Moutinho.

Lucho González tou de calcanhar e Raúl Meireles fuzilou para o 1º golo

No recomeço, o leão rematou mais em dois minutos do em 45, mas o recém-entrado Postiga respondeu com um remate expontâneo a que Stojkovic respondeu bem. Logo a seguir, o guarda-redes sérvio esteve no caso do jogo, quando agarrou um corte (atraso?) de Polga depois de hesitar muito perante a ameaça de Postiga e de ter tido tempo para chutar a bola. Proença considerou atraso, assinalou livre indirecto na pequena área, e o FC Porto marcou num grande tiro de Raúl Meireles a passe de Lucho.

Festejos de Raúl Meireles

Veio então a luta de bancos, com Bento a arriscar bem mais do que Jesualdo, ficando o Sporting com três defesas. Pudera, estava prestes a perder depois de muitos jogos invicto. Mas o melhor que conseguiu foi ver Helton quase dar um enorme frango num remate de Derlei.O jogo ficara decidido com um lance complicado, que vai dar lugar a muita conversa, e Jesualdo punha fim à malapata verde de dragão ao peito.

Vídeo

FC Porto 1-0 Sporting CP (Resumo alargado + comentário de Rui Santos)
Raúl Meireles 53´


Golo de Raúl Meireles




Vem fazer parte da equipa do Desportugal (saber mais neste link)


Fotos: Reuters

Página Inicial

23 comentários:

  1. Depois do que vi hoje, fico mais descansado, o SPorting não o vi jogar muito, teve uns mints bom de dominio mas mais nada, o Porto como sempre o Quaresma e mais nada, aquela remate a trave que se entra era Piu Piu e o Golo, ou seja Porto e Sporting quase = ao Benfica, por isso vai haver campeonato, as 3 equipas ainda vão perder pontos (atenção falo dos 3) incluo tb o Benfica!

    Liedson = Lixo (manhoso e sujo)
    Proença = Já as sabe todas (quero ver se apitar um jogo do Benfica se algum jogador do Benfica fizer o que fizeram hoje os do Sporting se não os amarela).

    Jogo fraquito.

    ResponderEliminar
  2. Mais dois pontos ganhos com ajudas extra. E já vão 4 somados!

    Nem que o Benfica se juntasse com o Sporting ou com os outros clubes todos da BWIN o título deixaria de ir para o Porto. Os tempos passam, o Apito Dourado aparece, as prendas acabam mas as amizades e a fieldade aos mesmos continuam.

    Bravo!

    ResponderEliminar
  3. eduardo palhais27 agosto, 2007 07:10

    Bela porcaria de jogo... as equipas estavam mais preocupadas a arrear porrada que em jogar a bola, irra!!!
    O porto a fazer faltas é rei, lol. foram quantas 50?!?!

    Comentários após entrada a bola de P. Emanuel com os braços abertos para cabecear a bola...

    "os centrais portugueses parecem aviões, bombardeiros sempre de asa aberta"

    Outro comentário dos comentadores espanhois...

    "em portugal é só varrer(pernas leia-se)..."

    lol

    ainda assim o porto foi ligeiramente melhor, soube gerir melhor o jogo

    ResponderEliminar
  4. Para mi e nada minha opinião ainda falta mt campeonato, o Porto, Sporting e Benfica vao perder pontos, por isso ninguém é campeão!

    fORÇA Freamunde - Rumo à BwinLiga

    ResponderEliminar
  5. Parabéns ao Porto que ganhou bem e fez mais por isso (num clássico mais uma vez pobre em termos de espectaculo) O Stojkovic de certo que ainda não sabia a "nova regra" da FIFA.

    ResponderEliminar
  6. Quanto ao atraso só vi o lance uma vez(e achei o lance duvidoso), logo o que o guarda-redes devia ter feito era jogar pelo seguro e chutar a bola para longe. logo cometeu um erro o stojkovic, talvez por inexperiencia mas errou

    ResponderEliminar
  7. Na minha opinião o erro é claramente do Stojkovic (aliás deviam completamente eliminar a possibilidade do GR apanhar a bola quando vem de um colega). Mais: errou logo a seguir,quando saiu à bola e depois ficou ali perdido sem saber o que fazer...ao arbitro apenas se pode "cobrar" a falta de amarelos (e talvez vermelhos) a alguns jogadores de parte a parte

    ResponderEliminar
  8. Duas equipas que não jogaram muito. Um golo que pronto, considero um corte com intenção de a bola ir para o GR, e este fez um papel de infantil. O Ronny esteve muito bem, a par do Veloso. Izmailov nulo, bem como o Liédson e Pereirinha. Agora é pensar nos próximos jogos

    SPORTING 4EVER

    ResponderEliminar
  9. Bom, aquilo nao é atraso nem aqui nem na china (se fosse em Alvalade o arbitro nao tinha marcado).

    Do mais foi um jogo interesante (muito melhor que o da taça), destaque para o Quaresma e Tarik (o Jesualdo tira-me o Tarik e deixa o Lisandro em campo, no coments).

    Pois é,................... Porto 6, Sporting 3, Benfica 2.

    ResponderEliminar
  10. Meireles és o maior.

    Dominamos claramente, vencemos justamente. Quaresma mais um grande livre. Estamos no bom caminho...

    ResponderEliminar
  11. Vou tentar comentar o jogo sem parecer aziado ( que estou e muito ).

    Foi um jogo que começou muito forte, e muito fisico em que os jogadores tiveram muita dificuldades em conseguir jogar devido ao pouco espaço que lhes era permitido, e devido à agressividade do jogo.

    O Porto entrou melhor e dominou durante o jogo todo até conseguir o golo, a partir daí o Sporting passou a comandar mas sobretudo devido ao Porto que deixou de comandar o jogo, passou a defender e a contra atacar os lances do Sporting.


    Lance do jogo

    É daqui que vem a minha azia. Não estou aziado devido à vitória do Porto que para mim foi clara e incontestável. O Porto mereceu ganhar. Mas perder devido a um lance em que pura e simplesmente não existe falta, em que o Polga corta uma bola e o árbitro, de má fé e devido aos assobios da bancada mesmo antes do Stoj agarrar a bola, considera atraso.. Fica-me preso na garganta.

    Mas.. São coisas do futebol e como disse, o Sporting não mereceu ganhar este jogo, porque enquanto o Porto quis o Sporting não criou uma ocasião digna de golo.

    Nem vou falar do Paulo Bento. É fácil criticar um treinador depois de uma derrota mas trocar o Vukcevic por o Izmailov.. O Vukcevic é que devia ter sido titular =/
    Foi porquê? Devido ao factor psicológico? Por amor de deus...


    Parabéns ao Porto, e esta derrota só nos atrasa em 3 pontos.. Há muito campeonato.

    ResponderEliminar
  12. Gostei bastante da segunda parte, talvez um pouco mais de sorte ainda podiamos ter empatado.
    O lance do golo do Meireles é discutível, mas o Estojo se tem duvida não agarra. Ele só não pode ter dúvidas porque não é atraso, mas enfim..

    ResponderEliminar
  13. A vitoria é justissima, o sporting n conseguiu criar opurtunidades claras de golo....

    Qunto ao lance admito que possa ser corte, mas a 1ª vista quando vi o lance em directo pareceu-me mesmo atraso por isso deêm o beneficio da duvida.

    ResponderEliminar
  14. CÉSAR FERNANDES27 agosto, 2007 07:26

    Concluindo foi uma vitoria feliz do FCPorto..mas por exemplo na Taça de Portugal o Tonel cortou aquela bola com a mão! Perdemos a Taça e confesso que os portistas ficaram com uma azia...

    São jogos e jogos e mesmo com o Apito Dourado a decorrer o Pedro Proença teve uma boa arbitragem, mandou sempre acalmar os jogadores em vez de mostrar amarelos!! Teve decisões discutiveis e compreendo que os Sportinguistas estejam aziados..perder daaquela forma realmente

    ResponderEliminar
  15. Achei o jogo um bocado mal jogado. as equipas tavam mais preocupadas em anular-se uma à outra, mas sempre com o sinal mais para o porto. o porto controlou o jogo praticamente todo e foi o q teve as melhores oportunidades.

    Acho q equipa do sporting mto "ensonsa", tem grande capacidade tecnica, tem grandes jogadores... o miguel veloso é o melhor medio defensivo portuges da actualidade. sao bastante organizados... mas tornam-se inconsequentes.. o porto até nem tem uma defesa por aí além e conseguiram anular bem, tal como anularam na super taça, mas na super taça, saiu a sorte grande ao izmailov..

    portanto, para mim o porto foi um justo vencedor, embora nao goste mto da falta de raça da equipa na disputa de alguns lances...

    ResponderEliminar
  16. Vitória merecida do FCP que dominou a partida e criou as melhores oportunidades de golo em toda a partida.

    Pena o Pedro Proênça se ter lembrado de apitar para os da casa, sem necessidade. O lance que dá origem ao golo pareceu-me ter sido marcado por pressão das bancadas, pois não fiquei com a idéia que tenha sido um atraso, antes um corte na direcção do GR. O Quaresma poderia ter sido expulso na entrada sobre o Veloso, que lhe valeu apenas um amarelo. Daí até ao final da 1ª parte assistimos a mais dois lances dignos de amarelo para jogadores do FCP.

    Por seu lado, o SCP teve dificuldades em impôr-se, mas talvez não fosse esse o plano. O Paulo Bento arriscou jogar em contenção e contra-ataque. Contudo, contra o tipo de armas de que dispôs o FCP, muito dificilmente teria sucesso...

    ResponderEliminar
  17. paulo teixeira27 agosto, 2007 07:28

    Bem, o Porto mereceu ganhar e podia ter ganho por mais, não fosse o medroso do Jesualdo.

    O Stojkovic já me tinha deixado má imagem no jogo da Supertaça. É demasiado ingénuo: defende bolas para a frente, não sabe chutar, etc.

    O Liedson é um nojo como homem: é impressionante como faz o que lhe apetece e os árbitros nada assinalam. Desde simular que foi agredido, a fazer faltas constantes sobre os defesas, àqueles golpes baixos sobre o Helton. É um grande jogador, mas como homem é miserável.

    Quanto ao lance da polémica, como é que alguém me prova que o Polga não teve intenção de a atrasar para o guarda-redes quando a cortou? Vejamos, quem é que no seu perfeito juízo faz um corte com aquela força naquela zona, para trás e estando pressionado sabendo que não tem um guarda-redes na baliza? Ninguém, dir-me-ão vocês.

    ResponderEliminar
  18. O Polga CORTA a bola sem intenção de passar. A intenção do Polga é apenas e só tirar a bola dos pés do Postiga que ia no 1 para 1 com o Tonel. A não ser que hajam novas regras FIFA, nesse caso...

    ResponderEliminar
  19. O resultado é justíssimo. O FCP jogou bem na primeira parte, podia ter chegado facilmente ao golo e teve azar nalgumas situações. O Sporting jogou demasiado para o empate, na minha opinião. Já por si não tem um futebol muito dominador, mas em termos de atitude esteve demasiado passivo.

    Mas não invalida que aquele golo não tenha sido completamente inventado pelo Proença. Num despique individual, um toque daqueles não podia de maneira nenhuma ser considerado um atraso. Seja como for era uma situação perfeitamente evitável pelo Stojkovic, que é um GR que continua a não convencer.

    ResponderEliminar
  20. Creio que foi um jogo fraco, em termos tácticos ganhou jesualdo ferreira dando profundidade ofensiva e criatividade com Tarik a jogar mais encostado à ala, o Sporting nunca soube como parar Quaresma de um lado e Tarik do outro, devido ao facto de jogar num
    losango onde os médios interiores estavam demasiado encostados ao centro. O Paulo Bento não compreende que o losango só funciona de forma plena contra equipas "pequenas" que se fecham na retranca deixando o sporting jogar "a seu belo prazer". Mas como também não tem jogadores para 4-4-2 não pode fugir muito disto. Ele podia era pôr o Djalo de um lado do losango e do outro o Marat Izmailov, descendo o Moutinho do vértice superior do losango(sítio onde ele rende mais- e não num dos cantos-) para um sítio mais central(e mais recuado) em frente do Veloso.
    Assim :


    ----Liedson---Derlei

    Djalo-------------Izmailov

    ---------Moutinho -»

    ---- «- M.Veloso

    Isto permitiria ao Sporting jogar para ganhar contra o F.C Porto, mas como o Paulo Bento quis jogar para o empate, a formação que apresentou no campo era perfeita, só faltava mesmo tirar o derlei o jogar só com um ponta, mas isso já era demonstrar de forma demasiada quais eram os seus propósitos naquele jogo.

    Enfim resultado justíssimo.

    ResponderEliminar
  21. Pior a emenda do que o Soneto. CORAGEM JÁ!

    - Uma vez que o que aconteceu foi isto:
    http://www.youtube.com/watch?v=jbBPM6xRj6I

    - Uma vez que a LEI diz claramente isto:
    É concedido um pontapé-livre indirecto à equipa adversária sempre que o guarda-redes tocar com as mãos na bola vinda de um passe atirado deliberadamente com o pé por um seu colega de equipa. (Lei nº 12 das Regras do Futebol, relativa a “Faltas e Comportamento Anti-Desportivo)

    - Uma vez que Proença vem a público declarar que voltaria a marcar o livre porque acha que a lei é clara e objectiva e procedeu bem:
    http://www.record.pt/noticia.asp?id=755956&idCanal=280

    Só me resta tirar a seguinte conclusão: ou Proença é um perfeito analfabeto que não sabe ler e não conhece minimamente as leis do jogo em que é Juiz, e será então caso para se averiguar como semelhante IGNORANTE pode ter sido o 1º classificado da arbitragem Portuguesa? Ou então o caso é mais grave e este indivíduo está nitidamente a gozar com a cara das pessoas, nomeadamente dos DESPORTISTAS e dos Sportinguistas e não tem as mínimas condições para ser Juiz de NADA.
    Pior cego é o que não quer ver, e insistir no ERRO não o reconhecendo, é inqualificável para uma pessoa na sua posição.
    Assim sendo, aguardo pelas medidas a serem tomadas pelo chefe da arbitragem, o Sr. Vítor Pereira, mas ainda que com medo de que se entre no velhinho corporativismo tão tipicamente Lusitano.

    Em Inglaterra um árbitro pediu desculpas públicas por se ter equivocado num penalty, e foi publicamente castigado por um período de tempo.
    Haja coragem para castigar Proença também!

    Mais, nas suas declarações reconhece sim que ERROU ao dizer que Quaresma deveria ter sido expulso aos 33’.
    Gostaria de lhe lembrar que se tivesse interpretado correctamente a Lei teria que expulsar 3 jogadores do FCP por conduta violenta; mas uma vez que assumiu UMA expulsão, aguardo que as entidades competentes pelo menos apliquem os respectivos 2 jogos de castigo ao atleta em causa.

    VOLTANDO á tal lei nº 12 das Regras do Futebol, relativa a “Faltas e Comportamento Anti-Desportivo, também se pode ler que:
    É concedido um pontapé-livre indirecto à equipa adversária sempre que o guarda-redes mantiver a bola em seu poder durante mais de seis segundos antes de a soltar dos mãos.
    Ora vamos ser perfeitamente claros, já depois do FCP estar a ganhar houve pelo menos 2 situações em que o GR Hélton agarrou a bola e esteve largamente mais tempo para soltar a bola do que os 6 segundos que a lei claramente diz. Estes factos são inequívocos e facilmente provados quando visionados pelas imagens, uma vez que o relógio está a trabalhar.
    Muito bem, se Proença estivesse atento poderia marcar livre indirecto VERDADEIRO nestas duas ocasiões. Mas onde está o seu critério ou qualidade?
    Bem sei que os árbitros não marcam esta história dos 6 segundos, mas algum dos leitores já tinha visto marcar em algum lado um livre como este que marcaram ao Sporting?

    Termino recomendando a Vítor Pereira que o mande para a Jarra durante umas semaninhas e depois o ponha a apitar umas semanas nas regionais.
    Depois pode então na 12ª Jornada (início de Dezembro) nomeá-lo para o Benfica – Porto pois ambos os clubes devem ficar satisfeitos com a nomeação.
    O Benfica, porque o homem assumiu publicamente o seu clube e até é sócio, já lá praticou andebol e até tem lugar cativo na Luz; e o Porto porque desde ontem se tem desfeito em elogios ao indivíduo e porque na altura terá sempre o motivo dele ser da A.F. Lisboa para o pressionar da maneira que tanto gostam.

    ResponderEliminar
  22. OK, mostras a lei. Mas não deixa de ser um lance polémico e onde muitos de nós temos dúvidas- Eu tenho opinião contraria em relação ti.

    Qt à falta de Quaresma e P.Emanuel, podiam mto bem ter visto red card.

    Saudações Desportivas

    ResponderEliminar
  23. Boa avaliação òscar.

    ResponderEliminar

Home - Desportugal - Blog de Notícias Desportivas