sexta-feira, 19 de março de 2010

Taça Libertadores: Corinthians e São Paulo na liderança de seus grupos; Fla e Inter em segundo

Corinthians e São Paulo venceram seus adversários paraguaios e assumiram a primeira colocação dos grupos 1 e 2 da Libertadores, respectivamente. Já Flamengo e Internacional não conseguiram superar seus rivais como visitantes e terminaram a terceira rodada como vice-líderes da chave 5 e 8. O Cruzeiro, que não jogou na semana, também está em segundo, no grupo 7. Ronaldo estava há cinco jogos sem marcar.

 O jejum acabou na quarta-feira, no estádio Defensores del Chaco, onde o Corinthians venceu o time do Cerro Porteño por 1 a 0, chegando a sete pontos. Apesar de começar em cima, o Cerro viu o Timão armar o primeiro lance de perigo do jogo aos sete minutos: Roberto Carlos finalizou para defesa de Barreto.
Ronaldo marcou pela segunda vez no ano
A partida ia transcorrendo sem maiores emoções até os 41 minutos. Foi quando Dentinho cobrou escanteio, a marcação paraguaia deu bobeira e Ronaldo apareceu na segunda trave para empurrar para as redes, 1 a 0.
Aos 48’, o Cerro quase empatou. Ramirez bateu para defesa de Felipe e, no rebote, mandou para fora. As coisas ficaram mais complicadas para os mandantes com a expulsão de Brítez, e o Corinthians administrou o triunfo por 1 a 0 até o final.
No Morumbi (31.411 pagantes), o São Paulo não teve maiores problemas contra um dos piores times da atual edição da Libertadores, o Nacional, do Paraguai. A vitória tranquila por 3 a 0 colocou o tricolor paulista na ponta da chave 2.
Com meia hora de jogo, o time da casa abriu o placar: Hernanes lançou, Dagoberto cabeceou e encobriu o arqueiro rival, 1-0. Minutos depois, Léo Lima ampliou aproveitando passe de Washington. Aos 54’, o próprio Washington marcou o terceiro, e a partir daí o São Paulo se poupou visando os próximos duelos do campeonato paulista.
Já o Flamengo teve uma atuação apagada em Santiago, na visita à Universidad de Chile. Os chilenos venceram por 2 a 1 e ficaram na primeira posição do grupo 8. O começo até foi animador, com Adriano mandando no travessão e Vagner Love exigindo boa defesa de Conde. Aos 42’, contudo, Montillo cruzou e Vargas, sozinho, abriu o placar para a Universidad.
Fla perdeu no Chile - 2 a 1

O Fla empatou logo no começo da etapa final. Impedido, Vagner Love deu passe para Léo Moura, que chutou para defesa de Conde; na sobra, Rodrigo Alvim mandou pro gol. Mas o Flamengo não contava com a falha do goleiro Bruno, que defendera dois pênaltis no domingo no clássico contra o Vasco, na vitória rubro-negra por 1 a 0. Seymour chutou de longe e o camisa 1 deixou passar, 2 a 1.
Dagoberto abriu o placar no Morumbi
A Universidad se fechou e viu o Flamengo criar - e perder - duas boas chances. Na primeira, Fierro mandou para defesa de Conde. Depois, Vagner Love concluiu para fora após tabelar com o sérvio Petkovic.
Em Rivera, na fronteira do Uruguai com o Brasil, a torcida do Internacional foi maioria absoluta na casa do Cerro, de Montevidéu. O jogo fora transferido para Rivera pelo fato de o estádio do Cerro não ter condições de receber uma partida de porte internacional. Mas os cerca de 20 mil colorados se decepcionaram com o empate sem gols, que manteve o Cerro em primeiro e o Inter em segundo na chave 5.
Maioria brasileira no Uruguai

O Inter teve as melhores chances na primeira parte. Giuliano esteve próximo do gol duas vezes, mas na primeira não alcançou a bola e na segunda parou no arqueiro Rolero. Depois, D’Alessandro ainda tentou de voleio, mas Rolero apareceu novamente. As chances rarearam nos 45 minutos finais, em jogo muito truncado. Na única chance uruguaia, Abbondanzieri pegou cabeçada depois de uma falta. E o placar só podia mesmo ser zero a zero.A semana marcou ainda a perda da invencibilidade do Alianza Lima, derrotado pelo Juan Aurich por 4 a 2, no grupo 3. Sem derrotas até agora seguem Once Caldas, Nacional de Montevidéu (após quatro jogos), Corinthians, Independiente Medellín - que empatou todos os seus jogos -, Libertad, Universitário, Cerro, Internacional, Vélez e Universidad de Chile (três jogos).

Por sua vez, Nacional (Paraguai), Blooming (Bolívia) e Emelec (Equador) seguem sem pontuar. Os paraguaios até já estão eliminados, restando duas rodadas em sua chave.


Resultados da Taça Libertadores da América 2010

Grupo 1
Cerro Porteño (PAR) - Corinthians, 0-1 (Ronaldo 41’)
Ind. Medellín (COL) - Racing (URU), 0-0
Classificação: Corinthians 7; Racing 4; Medellín 3; Cerro Porteño 1.

Grupo 2
Monterrey (MEX) - Once Caldas (COL), 2-2 (Martinez 20’, Neri Cardozo 47’; Moreno 2’, Castrillón 65’)
São Paulo - Nacional (PAR), 3-0 (Dagoberto 30’, Leo Lima 33’, Washington 54’)
Classif.: São Paulo 9; Once Caldas 8; Monterrey 5; Nacional 0.

Grupo 3
Juan Aurich (PER) - Alianza Lima (PER), 4-2 (Guizasola 25’, Tejada 44’, Manco 59’, Ascoy 86’; Sanchez 3’, Ovelar 72’)
Classif.: Alianza 9; Aurich 6; Estudiantes (ARG) 4; Bolívar (BOL) 1.

Grupo 5
Cerro (URU) - Internacional, 0-0
Classif.: Cerro 7; Inter 5; Dep. Quito (EQU) 1; Emelec (EQU) 0.

Grupo 6Banfield (ARG) - Nacional (URU), 0-2 (Coates 35’, Godoy 41’)
Morelia (MEX) - Dep. Cuenca (EQU), 2-1 (Borgetti 20’, 27’; Ladines 76’)
Classif.: Nacional 8; Banfield 7; Morelia 4; Cuenca 3.

Grupo 8
Univ. de Chile (CHI) - Flamengo, 2-1 (Vargas 42’, Seymour 54’; R. Alvim 51’)
Classif.: Univ. de Chile 7; Flamengo 6; Univ. Católica 2; Caracas 1.


Vídeos

Cerro Porteño 0-1 Corinthians


São Paulo 3-0 Nacional


Univ. de Chile 2-1 Flamengo


Cerro 0-0 Internacional


Texto: Matheus Rocha (correspondente e coloborador do Desportugal no Brasil) [fotos: Terra, Ig]

Página Inicial

3 comentários:

Home - Desportugal - Blog de Notícias Desportivas