quarta-feira, 10 de setembro de 2008

Portugal perde com Dinamarca por 2-3 num autêntico pesadelo final em Alvalade

Danny sob desespero

A Selecção Nacional perdeu de uma maneira incrível e quase inédita frente à Dinamarca por 2-3, em jogo do Grupo 1 da fase de qualificação para o Mundial de 2010, disputado no estádio José Alvalade (30 mil pessoas)

Carlos Queiroz deve ter tido uma valente insónia a pensar como foi possível perder com a Dinamarca, num jogo onde Portugal podia ter goleado. Mas o festival de golos perdidos no início da segunda parte e a desatenção da defesa na parte final explicam uma derrota... inexplicável.

Do Céu ao Inferno foram apenas dois minutos. E a magia e a ópera que a dada altura ecoaram em Alvalade e na cabeça do seleccionador afinal não passaram de uma ilusão. Queiroz efectuou duas alterações na equipa que goleou Malta. Paulo Ferreira rendeu Antunes no lado esquerdo da defesa (uma adaptação bem ao estilo de Scolari) e Maniche ocupou o lugar de Carlos Martins no meio-campo. Curiosamente, os dois substituídos nem sequer se sentaram no banco. Mas a derrota não foi por aqui... Portugal foi surpreendido nos primeiros minutos por uma Dinamarca (fez lembrar a Alemanha nos 4ª de final do EURO 2008) que não mostrou respeito pela equipa das quinas, actuando com dois pontas-de-lança e dois extremos. Os dois sustos a abrir mostraram que os nórdicos não iam ser amigos da malta.

Nani no seu salto mortal

Mas muita à custa da magia de Deco, das surpreendentes arrancadas de Paulo Ferreira no lado esquerdo e da mobilidade de Hugo Almeida (afinal não joga só bem dentro da área), Portugal chegou à vantagem por Nani antes do intervalo. Parecia tudo bem encaminhado.

Deco marcava de penalti

O segundo tempo foi um festival de golos perdidos (Simão, Nani, Danny e Nuno Gomes não podem perdoar lances assim). Foi precisamente na finalização que Portugal falhou, pois o 1-0 era um resutado demasiado curto... como se viu.

Poulsen gelou Alvaldade e os portugueses

A Dinamarca empatou, Deco ainda marcou de penálti mas depois foi o descalabro. Nem os dinamarqueses nos melhores sonhos. Um final louco, com quatro golos em cinco minutos, três para a Dinamarca e três pontos a voar.

Portugal foi incapaz de cimentar a liderança do Grupo 1 e aguardar com outra tranquilidade o próximo grande teste, que se chama Suécia. Já agora, Portugal não perdia em apuramentos para Mundiais há 12 anos, o que corresponde a 31 jogos invictos. O último desaire tinha sido na Ucrânia em 1996.

Quim foi buscar 3 vezes a bola ao fundo das redes

Scolari foi-se embora e voltámos a ser portugueses. Perder um jogo como o de hoje era uma coisa que já não se via desde o tempo das vitórias morais. A Selecção jogou como nunca o fez sob o comando de Felipão. No fim, perdeu como nunca teria perdido se o treinador fosse o brasileiro. A ganhar por 1-0 ao intervalo, qualquer equipa treinada por Scolari fechava-se atrás, queimava tempo e atirava meia dúzia de charutos para a bancada. Era o ganhar por “meio a zero”.

Outros jogos do Grupo

Nos outros dois jogos do grupo de Portugal na fase de qualificação para o Mundial 2010 na África do Sul, Suécia e Albânia, que tinham empatado entre si a zero golos no primeiro jogo, venceram os respectivos jogos frente a Hungria e Malta.

Na Suécia, a selecção de Lars Lagerbäck teve algumas dificuldades para encontrar a baliza magiar e só na segunda parte, aos 54 minutos, conseguiram inaugurar o marcador através de Kallstrom.Holmen fez o segundo golo e Rudolf reduziu já nos descontos. Já a Albânia não teve dificuldades frente aMalta, contando com os golos de Bogdani, Duro e Dallku e comando o grupo.

Resultados do Grupo 1 de qualificação para o Mundial 2010 (2ª jornada)

Suécia - Hungria, 2-1 (Kallstrom 54', Holmen 64'; Rudolf 93')
Albânia - Malta, 3-0 (Bogdani 46', Duro 83', Dallku 90')
Portugal - Dinamarca, 2-3 (Nani 42', Deco 86' g.p.; Bendtner 84', Poulsen 89', Jensen 92')

Classificação do Grupo 1 de qualificação para o Mundial 2010

Tabela Classificativa

Vídeo

Portugal 2-3 Dinamarca
Nani 42'
Bendtner 84'
Deco 86'
Poulsen 89'
Jensen 92'



Golos de alguns dos jogos da fase de apuramento para o Mundial


Add to Technorati Favorites

Fotos: AP

Página Inicial

24 comentários:

  1. Voltamos ao mesmo fado de sempre. Pouco publico e esse teve que vir a pedidos de tudo e todos e resultados super-negativos que deixam-nos já a fazer contas.

    Queiroz vai ser um barrete de todo o tamanho.

    ResponderEliminar
  2. PORTUGAL COMETEU O MESMO ERRO K A INGLATERRA FEZ QUANDO O ERIKSSON SAIU E FUI BUSCAR UM TREINADOR mclaren k nunca ganhou nada mas PK ERA INGLES. depois pagaram caro por isso.

    A seleccao precisava de alguem tipo scolari para continuar o trabalho k ele fez. isso era um treinador experiente com titulos ganhos.

    goodbye MUNDIAL 2010

    ResponderEliminar
  3. Parece que voltamos as vitorias morais!! estou triste!

    MAS COM ESTA DERROTA PODE SER QUE APRENDAM A RESPEITAR O SCOLARI QUE TEVE OS MELHORES RESULTADOS DE SEMPRE!

    Não percebo pk é que toda a gente adora o Queiroz! mas que fez este senhor com seniores? adjunto no MU? pegar num equipa na frente do campeonato e ficar mt a trás(so tinha uma das melhores equipas do sporting nas mãos!)!

    ResponderEliminar
  4. Estão para ai a defender o Scolari, mas devem se esquecer da porcaria de apuramento que foi para o Euro/08, E antes tinha somente o grupo da equipa campeã da europa, incluindo jogadores consagrados como o Figo, R.Costa etc.

    Eu acredito neste projecto do Queiroz. Perdemos, paciencia, venceremos lá e por mais do que eles cá.

    ResponderEliminar
  5. O trabalho que Scolari fez nunca irá ser consensual.

    Em resumo, um Euro-2004 em crescendo, mas falhou onde não devia falhar - na final, contra um adversário que era repetente no torneio (e também num amigável realizado uns meses antes). Se fosse um português era despedido.

    Um Mundial-06 - e respectiva qualificação - fantásticos, com a Selecção a jogar segundo o melhor do estilo Scolari: um modelo italianizado, com espirito ganhador, de luta, e com a técnica individual dos jogadores portugueses em doses certas.

    Porém, a partir daí, sempre a descer, com uma qualificação sofrível e tirando os 2 primeiros jogos na fase de grupos, uma selecção que cometeu demasiados erros defensivos, coisa que no Mundial não havia.

    Enfim, um Bom Menos ou um Suficiente Mais, inclinando-me para a primeira opção

    ResponderEliminar
  6. Fdx GRANDE jogo de Portugal, deu-me um gozo tremendo ver esta equipa jogar! Durante 84 minutos... Foi pena, totalmente imerecido mas é como o Queiroz diz: quem não marca sofre. Foi esse o grande pecado, 5 oportunidades claríssimas de golo e falhamos escandalosamente... É uma questão a ver no futuro, porque o resto já lá está.
    De resto foi puro azar, Zésingwa escorrega no 1º golo, no 3º foi um ressalto... Incrível mesmo. O 2º golo foi um erro já habitual, mas foi dos poucos de hoje. Não deixa de ser um erro, e desta vez custou muito caro...

    + Deco, fenomenal! Hugo Almeida, grande jogo! Zésingwa, que classe! Paulo Ferreira, segura o lado esquerdo da defesa; Queiroz, finalmente bom futebol!
    - Incapacidade de finalizar; Simão, o que é que ele anda ali a fazer?; Maniche, perdeu o fulgor que lhe conhecíamos.

    Bem, foi um grande jogo, não há muito a lamentar, só podemos melhorar no futuro.

    ResponderEliminar
  7. Grande jogo e tal, ofensivamente, mas burros que nem uma porta e defensivamente uma lástima. Por muito que custe a muito boa gente, não é só de futebol ofensivo que se vive o futebol.

    ResponderEliminar
  8. Por acaso tb tive um deja vu quando o jogo começou. Fez realmente lembar a Alemanha nos minutos inciais pelo pressing e tentar chegar à nossa baliza rapidamente. Até o discurso do seleccionador dinamarques fou um bluff tal como o alemão no Euro.

    ResponderEliminar
  9. Voltámos ao antigamente. O antigamente em que perdíamos os jogos mas éramos sempre os melhores, só não marcávamos tantos golos como os adversários. Tirando isso éramos os melhores.

    ResponderEliminar
  10. Os problemas de Portugal nas bolas paradas estão à vista de todos. É verdade que o Hugo Almeida estava esgotado, mas a sair, mais tarde ou mais cedo teria de entrar o Bruno Alves.
    Temos muito talento mas falta inteligência. Não se "joga para a bancada" com 1-0. É verdade que criamos muitas oportunidades e podíamos ter acabado com o jogo, mas a leveza com que esta derrota está a ser encarada é um pouco chocante. A continuar assim vai ser empatar/perder todos os jogos com Dinamarca e Suécia. 1994 revisited

    ResponderEliminar
  11. até parece que o Scolari era um mestre nas substituições! Vocês têm mesmo memória curta, tirem as palas que vos afecta o cérebro

    ResponderEliminar
  12. Tira tu as palas sff. O Scolari empatava com azar, este perde.

    ResponderEliminar
  13. Vejamos... 2ª jornada da fase de apuramento e já fazem o enterro ao Queiroz... O que não lhe farão se ele andar com a corda ao pescoço até ao último jogo... Ah, se calhar lambem-lhe as botas como ao outro... Ou então não, já que é português

    ResponderEliminar
  14. Pelo menos com o Scolari não tínhamos derrotas miseráveis deste tipo em casa e contra adversários directos.

    Mas pelo menos é bom ver que o português gosta é de ver a sua selecção jogar bem, ganhar ou não é indiferente, prova disso é o facto de muitos considerarem o Scolari o maior incompetente que por cá passou.

    Quando ele saiu, achei logo que ainda teríamos muitas saudades dele, e infelizmente os factos começam a provar isso mesmo.

    Bons velhos tempos FTW!

    ResponderEliminar
  15. Cheguei a conclusao o que a afinal esta selecçao precisa e de um medio defensivo e muito treino de finalização...

    Na minha opiniao acho que o djalo deveria ser o ponta de lança da selecçao (apesar de nao ser um ponta de lança de raíz). E se ele nao joga porque razao o Queiroz o convocou sabendo que os Sub21 tinham uma dupla jornada importantíssima?

    Precisamos de um "Costinha" a meio campo. Para mim o ponto mais fraco da selecçao e nesse sector.

    Queiros e um bom seleccionador e nao e por ele ter perdido um jogo atípico que mudo de opiniao. ele ao menos convoca os melhores jogadores nacionais actualmente, na era de scolari este convocava gajos que nem lugar tinha no banco de suplentes dos seus clubes

    ResponderEliminar
  16. Nunca a expressão de Scolorai se enquadrou tão bem:

    " E o burro sou eu ???? "

    ResponderEliminar
  17. Péssimo resultado, mas grande jogo de futebol! Portugal faz um belo jogo até ao 80 minutos, farta-se de falhar golos (escandalosas as perdidas de Simão, Danny e N.Gomes) mas a Dinamarca nunca deixou de acreditar e teve a sorte do jogo do seu lado. Claro que sofrer 3 golos em menos de 10 minutos não deixa de ser preocupante (e no 2º o Quim fez lembrar o Ricardo)!

    Concluindo, foi um jogo que custou muito perder (empatar já ia custar, pelo nº de golos perdidos) mas não pode deixar de se considerar que se perde por culpa própria, devido aos fracos índices de concretização e à dificuldade em segurar a bola e o o resultado depois do penalti (além de revelarmos as fragilidades habituais no jogo aéreo)!

    Contudo, não quero deixar de referir que, apesar da derrota, esta foi das melhores exibições da selecção de Portugal nos últimos anos e que acredito que a jogar assim podemos ganhar em qualquer campo!

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  18. Não adianta ser melhor nem jogar melhor , porque elas contam é lá dentro e quem não marca sofre .
    tantas oportunidades flagrantes perdidas só podiam dar nisto e lá voltamos nós aos tempos do bom futebol e dos maus resultados .

    Quem quer ir ao mundial num grupo com dinamarca e suecia que não são selecções quaisqueres, e quando só passa o 1º , não pode perder de maneira nenhuma pontos em casa .
    péssimo resultado que nos obriga a ganhar fora no proximo jogo com a suecia (e que jogo lixado este ) sob pena de ficarmos já para trás na corrida ao mundial, e não nos dá mais margem para perder pontos em casa .

    enfim ... só se espera é que não se volte aos tempos da calculadora

    ResponderEliminar
  19. Portugal voltou a dar espectaculo e a perder o jogo!!
    A continuar assim ainda vamos suspirar por Scolari...
    Voltamos a ser a melhor equipa da Europa a praticar futebol sem balizas...

    ResponderEliminar
  20. Carlos Queiroz.
    Acho que a escolha dele é boa, somente acho que ele cometeu uns pequenos erros ontem no fim do jogo.

    1º- Acho que não devia ter tirado H.Almeida de jogo. Muito embora este estivesse cansado, ajudava sempre a defender e era alto para os cantos e livres.

    2º- Quando marcou o 2-1 devia no imediato ter retirado Deco e colocado B.Alves, sendo este um jogador alto e sabendo que, a 5 minutos do fim, cabia a Portugal guardar a bola.

    De resto esteve bem Queiroz. Ele conseguiu por Portugal a jogar como eu já não via há muito tempo (desde o Portugal-Espanha no Euro 2004 em Alvalade, curiosamente).
    Agora há que dar tempo ao tempo, ficamos a saber que Queiroz é um treinador que não se sente na obrigação de chamar as vedetas (subentenda-se Quaresma) e pelo que me apercebo, ele preocupa-se em acompanhar todos os atletas Portugueses, estejam eles a actuar em qualquer canto do Mundo.

    P.S Nesta selecção já se nota raça e jogo colectivo. Factor que é muito importante.

    ResponderEliminar
  21. Porquê que ja estão a críticar o Queiroz? Tenham calma portugal jogou, houve azar de uns e sorte de outros. Falhamos bastantes golos, e o dinamarqueses foram felizes no primeiro golo, bosingwa escorrega e fica fora do lance, no 2º golo quim erra, mas não é culpada único houve uma falha de marcação no 3º um remate e desviado e acaba por tirar quim do lance. Alguma sorte mas acabaram por vencer, deixem queiroz e os seus jogadores trabalharam com scolari não me lembro de ver um jogo assim :S.

    Os que acreditam apoiam, quem não acredita não critique

    ResponderEliminar
  22. eduardo silvério11 setembro, 2008 18:54

    kuando ganhamos somos os maiores n e???
    a selecçao n fez um jg formidavel???
    kalma...agora tentam arranjar kulpados??
    entao n kulpem o quim ke inda evitou um ou dois golos e saiu-se pk ninguem markou o jogador ke markou o golo!!!
    entao vao kulpar kem agora???
    o bosingwa ke no 1ºgolo foi passadissimo...ou o jogador ke n markou km devia e o quim tv de tentar emendar???

    ResponderEliminar
  23. Inconcebível o que se passou em Alvalade, perder um jogo completamente dominado em dez minutos finais, com várias oportunidades soberanas de golo perdidas e uma boa exibição durante oitenta minutos.

    Rebentaram nos dez minutos finais.

    Deco, como em Malta, o melhor no meio de bons jogadores e boas exibições até aos oitenta minutos.

    E Quim deixou muito, muito a desejar nos golos dinamarqueses, exepto num, em que foi traído por um ressalto de bola num nosso defesa.

    Triste perder assim.

    ResponderEliminar
  24. PERDEMOS COM 1 AZAR DO PÉNIS. AGORA VAMOS À SUÉCIA E GANHAMOS E FICA TUDO EM PAZ!

    ResponderEliminar

Home - Desportugal - Blog de Notícias Desportivas