domingo, 3 de junho de 2007

Portugal vence na Bélgica por 1-2 e mantem aspirações intactas pelo apuramento

Nani e Hélder Postiga deram vitória a Portugal na Bélgica

Portugal não desiludiu e fez a vontade a Scolari e nós adeptos com uma histórica vitória na Bélgica por 1-2 no mitíco Estádio Rei Balbuíno com cerca de 15 mil portugueses nas bancadas . Este triunfo permite a Portugal manter intactas as esperanças em chegar ao Euro 2008 e ainda alcançar a Polonia no primeiro lugar .

Um dos jogos que me recordava em míudo e de má memória tinha sido precisamente um Portugal - Bélgica numa célebre derrota por 3-0 , mas estes diabos vermelhos de hoje estão a anos luz dessa célebre equipa dos finais dos anos 80 e Portugal é agora em tudo superior a estes belga como ficou provado nos dois jogos realizados (6-1 score).

Foram recuperados em Bruxelas alguns dos pontos perdidos nas saídas anteriores e eliminados desde já os próprios belgas, graças a dois momentos de inspiração individual de uma equipa com menos rotinas colectivas e muitos momentos de desconcentração. Primeiro, o segundo golo de Nani em seis internacionalizações, como nos contos de fadas em que o Mundo parece perfeito, mesmo com a suspeita de uma falta que mandou Hofkens ao tapete. Depois, uma bomba de Hélder Postiga, a fazer o seu décimo em 30 jogos internacionais, uma média excelente para um suplente crónico.

Mesmo sem Cristiano Ronaldo , Ricardo Carvalho , Simão e Nuno Gomes , Portugal começou muito bem, sufocando a Bélgica durante um quarto de hora e convencendo-se de que a partida não seria tão difícil quanto o próprio Scolari admitira. O golo só chegou à beira do intervalo e ao 13.º remate, mas terá contribuído para aumentar ainda essa convicção de que os três pontos iam ser garantidos, não obstante os sinais de inconformismo e de alguma intencionalidade ofensiva dados por Emile Mpenza ao longo do segundo quarto de hora, tentando descomplexar os seus jovens companheiros e levá-los a pressionar mais uma defesa central de Portugal que entrara com muito estilo e pouca determinação.

A segunda parte confirmou esta tendência. Os portugueses regressaram com sobranceria, deixaram-se afectar pela lesão muscular de Miguel e tentaram repousar a partida para permitir o aquecimento a Bosingwa (excelente estreia) , embebedaram-se com os “olés” das bancadas e foram severamente castigados com o golo de Fellaini, um gigante a cabecear sem oposição no centro da área.

Por momentos pairou a dúvida perante a força psicológica desta equipa alternativa. O próprio Scolari deixou escapar ansiedade, mas dez minutos após o empate surgiu, de um remate fantástico a 25 metros, o golo inesperado de Hélder Postiga, devolvendo com juros a confiança do seleccionador.

Esta vitória deixa Portugal numa excelente posição para conseguir o apuramento para o Europeu de 2008. A selecção portuguesa já efectuou todos os jogos fora com os seus adversários directos, restando-lhe apenas jogos em casa e as deslocações às formações mais fracas do grupo.

Resultados do Grupo A de apuramento para o Euro 2008
Cazaquistão - Arménia, 1-2 (Baltiev 88' g.p.; Arzumanyan 31', Hovsepyan 39' g.p.)
Azerbaijão - Polónia, 1-3 Subasic 6'; Smolarek 63', Krzynówek 66', 90')
Finlândia - Sérvia, 0-2 (Jankovic 3', Jovanovic 86')
Bélgica - Portugal, 1-2 (Fellaini 55'; Nani 43', Postiga 64')

Classificação do Grupo A
1 Polónia 19 pontos (8 jogos)
2 Portugal 14 pontos (7 jogos)
3 Sérvia 14 pontos (7 jogos)
4 Finlândia 11 pontos (7 jogos)
5 Bélgica 7 pontos (7 jogos)
6 Cazaquistão 5 pontos (7 jogos)
7 Arménia 4 pontos (6 jogos)
8 Azerbaijão 4 pontos (7 jogos)

Vídeo

Bélgica 1-2 Portugal
Nani 43'
Fellaini 55';
Postiga 64'


Ps- Tudo sobre a fase de qualificação para o Euro 2008 nas etiquetas baixo.

Foto: AP

Página Inicial

8 comentários:

  1. Foi o jogo possivel frente a um adversário forte no aspecto fisico e com um velocista lá na frente (Mpenza) a causar embaraços aos nossos defesas. Contudo penso queo resultado é escasso para Portugal que desperdiçou muitos golos,mas pronto lá vaio este brazuca batendo records (vê lá se sais que isto assim anda mal).Dos jogadores que gostei de ver: Bosingwa muito melhor que MIguel e a trazer velocidade e Nani pelo golo (mas aquela caracteristica individualista a levá-lo a perder alguns lances que podiam dar outra expressão ao jogo) e H.Postiga (que lutou muito e marcou um grande golo).

    ResponderEliminar
  2. andré pereira03 junho, 2007 07:17

    Excelente vitória e 3 pontos fundamentais para o apuramento. Os piores jogos já passaram. Agora vamos jogar com as equipas acessíveis e receber as fortes. Temos tudo para estar no Europeu.

    Grande Postiga. Se lhe derem confiança e se não o tirarem da equipa aos primeiros erros...

    ResponderEliminar
  3. Jogo fraco, típico de fim de época. Poucos foram os jogadores que tiveram brio profissional. Desse reduzido lote destaco o Petit por não só ter sido o MVP mas por já ter umas dezenas de jogos nas pernas. A seguir temos o Paulo Ferreira que fez um jogo ao seu nível, apesar do desgaste da recta final do Chelsea. Um caso diferente é o do Postiga (GRANDE golo! ), menos desgastado, encontrou neste jogo motivação para provar ao Jesualdo o seu valor.

    Quem esteve francamente mal foram o Jorge Andrade e o Tiago. O 1º está a precisar de pré-época com urgência de modo a recuperar os índices físicos, o 2º precisa de descanso. Quaresma e Deco jogaram ao nível que lhes pediram os respectivos clubes: nada de correrias, não se fossem lesionar. Por fim, a atitude do Nani mereceu a prenda que lhe foi dada. Um golo pela Selecção na sua estreia a titular foi a cereja no topo do bolo. Pelo contrário, o Miguel foi infeliz na lesão. Esperemos que não seja nada de grave.

    ps: o Bosingwa promete...

    ResponderEliminar
  4. Ganhámos, venham para cá os 3 pontos. Creio que a partir deste jogo, estamos praticamente apurados para o Europeu.

    ResponderEliminar
  5. Vitória justa, arbitragem fraca e grande golo de Postiga.

    Além disso, alguém reparou na quantidade de calinadas ditas pelos jornalistas da RTP?!

    ResponderEliminar
  6. Ganhamos justamente, por sermos melhores, nao por termos jogado melhor. Temos muito que agradecer a dois momentos de inspiracao um do Nani e outro fantastico do Postiga.

    Se quisermos chegar a algum lado, havera que mudar em muito a atitude da equipa, afinal temos a qualidade.

    Preocupante esta nossa defesa que num jogo tao previsivel andou o jogo todo aos papeis.

    ResponderEliminar
  7. Creio que esta vitória de portugal peca por escassa. A Bélgica é uma equipa muito inferior que Portugal.Longe vão os tempos dessas boa equipa belga.

    ResponderEliminar
  8. sandro tavares03 junho, 2007 07:23

    Bélgica muito fraca, Portugal sem fazer um grande jogo podia ter marcado 4/5 golos
    defesa de Portugal muito complicativa, oferecendo oportunidades de golo em lances banais
    grande estreia de bosingwa
    arbitro que eu ate apreciava, desiludiu me muito... complicativo, sem critério, enervante!
    para historia fica a vitória e a par de agora segundo as contas de scolari temos que vencer os jogos todos ( em casa ) e 3 fora no leste europeu e asia central!!

    ResponderEliminar

Home - Desportugal - Blog de Notícias Desportivas