sábado, 7 de abril de 2007

FC Porto goleia Vitória de Setúbal por 5-1 mas perde Pepe (vídeo)

Momento em que Pepe se lesiona gravemente após choque com adversário

Tudo fácil no Dragão . Bastaram 45 minutos para o FC Porto garantir mais três pontos, consolidar a liderança isolada da Liga e colocar pressão nas saídas que Benfica e Sporting têm de efectuar nesta jornada. A confortável goleada de 5 a 1 frente a um débil Vitória de Setúbal estava assegurada ao intervalo.
E depois foi só gerir. Mas ainda houve tempo para Anderson festejar o regresso “a sério” com um golo e ver Pepe lesionar-se com muita gravidade , facto que o vai relegar dos relvados até final do campeonato .

A santa sexta feira dos dragões começou cedo, quando Quaresma arrancou uma trivela e Jorginho abriu o activo com uma cabeçada certeira. Logo a seguir, Cech isolou Jorginho e o brasileiro ofereceu o golo a Adriano. O aflito Vitória de Setúbal via a estratégia cair logo aos primeiros tiros. Ainda nem tinha dado para ver que, no FC Porto, Lucho jogava como trinco e Postiga, quatro jornadas depois, voltava a ser titular.

Mesmo a ganhar por dois, o FC Porto não tirou o pé do acelerador. Os buracos na defesa sadina eram imensos e foi só aproveitar. O 3-0 surgiu num contra-ataque em que Quaresma serviu Postiga para o avançado regressar aos golos e ao topo da tabela dos marcadores.
Antes do intervalo, Adriano bisou, após mais uma trivela de Quaresma. E só não houve mais golos porque Bruno Ribeiro salvou em cima da linha um tiro de Adriano.

Com tamanha vantagem, Jesualdo lançou Anderson para o verdadeiro regresso – os minutos na Luz não contaram… – e o dragão ficou bem diferente.
Bosingwa foi para trinco, Fucile passou para a direita e Cech recuou para a esquerda, mas por pouco tempo, pois, com Lucas Mareque em campo, o eslovaco voltou ao meio. O defesa argentino entrou mal, porque deixou escapar Varela e o internacional sub-21 ofereceu o golo de honra a Bruno Ribeiro.

Antes do 4-1, o FC Porto tinha desperdiçado duas ocasiões soberanas. Primeiro por
Postiga, que acertou em Milojevic, e depois por Cech, que isolado por Anderson, atirou para as nuvens só com o guarda-redes pela frente.
Faltava o momento do miúdo, que chegaria perto do fim, a passe de Vieirinha: Anderson passou por Mamadou e bateu Milojevic para fazer a festa estalar de vez. Só a lesão de Pepe estragou uma grande noite de golos azuis e brancos .

O FC Porto aumenta temporariamente a vantagem sobre Benfica e Sporting, e aguarda agora os resultados dos seus adversários nesta ronda. Os leões deslocam-se ao terreno do Sporting de Braga, enquanto os encarnados vão a Aveiro defrontar o Beira-Mar.

FC Porto 5-1 Vitória de Setúbal
Jorginho 5'
Adriano 16' 36'
Postiga 21'
Bruno Ribeiro 61'
Anderson 77'


Foto: AP

Página Inicial

6 comentários:

  1. Bem, gostei da 1ª parte.
    No entanto estou triste, estou triste por duas razões: pela lesão do melhor central a jogar em Portugal, o Pepe, que não merecia e por o nosso amigo Jesualdo não ter a dado a oportunidade a um jovem de se estrear na principal equipa do FCP, para meter uma amostra de jogador com ar de bombista suicida. É triste ver que uma equipa que está a ganhar por 4-0 e 4-1 é assobiada.

    Por outro lado, o Jesualdo levou mais uma bofetada de luva branca (é assim que se diz?). Golo do Anderson, a passe do... Vieirinha.

    Lindo, lindo, foi ver os SD a cantar o hino do clube. Pena que não tenham sido acompanhados pelo estádio, mas se considerarmos que há uma grande maioria de pessoas que vai ao futebol para se exibir (chega tarde, sai cedo, incomoda toda a gente e faz tudo menos ver o jogo) e que pensa que o hino do clube são os Filhos do Dragão, acaba por ser natural...

    ResponderEliminar
  2. fábio magalhães07 abril, 2007 04:07

    Uma primeira parte linda do Porto, uma 2ª totalmente diferente.
    Para os portistas salvou-se o resultado.
    Pobre Pepe.

    ResponderEliminar
  3. Excelente resultado Entramos com o "gás" todo e aos 21 minutos já venciamos por 3-0. Grande exibição do Jorginho que esteve muito bem ao marcar um golo e ao oferecer outro. O Quaresma continua a oferecer golos, já deve estar a chegar às 20 assistências. O Postiga volotou aos golos, o que é muito bom para ver se anima e volta a ser o Postiga da 1ª volta e o Adriano lá continua a marcar golos.
    Quanto ao Anderson, marcou um golo genial. É um jogador acima da média e ainda bem para nós que está de volta. Espero que o sr. Jesualdo tenha visto aquele menino oriundo das camadas jovens a fazer dois passes fantásticos, um deles abriu caminho para o golo do Anderson.

    Por fim, a nota negativa, a lesão (grave) do Pepe que o vai impedir de dar o seu contributo à equipa nas 6 finais que faltam até ao fim do campeonato. Ricardo Costa não me inspira confiança nenhuma.

    Mais um fim-de-semana na frente

    ResponderEliminar
  4. Esta equipa do Setúbal espera ai que eu já venho . Nada de nada !

    ResponderEliminar
  5. Mais uma vez o azar volta a prosseguir-nos, e hoje perdemos um dos jogadores imprescindíveis.
    O Pepe e o Quaresma são talvez os jogadores que mais falta fazem a esta equipa, e hoje infelizmente lá perdemos um deles...

    Esta onda de lesões não para, e quando assim é, mais dificuldades teremos até ao final do campeonato.

    Força Porto!

    ResponderEliminar
  6. o setubal abriu as pernas ao porto e foi só fechar buracos .

    Agora sem o Pepe , não sei se não vai começar a derrocada . A sorte do fcp é que até ao fim é só bater a desmaiados !

    ResponderEliminar

Home - Desportugal - Blog de Notícias Desportivas