terça-feira, 17 de abril de 2007

Benfica empata 0-0 com Sp.Braga e fica a 5 pontos do líder (vídeo)

Benfica soma 5 jogos sem vencer entre Liga Portuguesa e UEFA

A Taça de Portugal foi à vida, a Taça UEFA também e o campeonato também poderá ter ficado irremediavelmente perdido, já que o empate 0-0 com o Sporting de Braga deixa o Benfica a cinco pontos do líder FC Porto e a um do Sporting, que é agora segundo classificado. Isto a cinco jornadas do fim. Resta teoricamente a luta pelo apuramento directo pela Champions League (2º lugar) .

De facto em duas semanas , o Benfica tinha tudo para coroar uma época com dois exitos de remonta (Liga e UEFA) , e nesse mesmo periodo somou 4 empates e 1 derrota entre jogos para a Liga Portuguesa e Taça UEFA .

Os encarnados surgiram em campo sem surpresas, com Léo recuperado a actuar no seu lugar habitual. Já o Braga surpreendeu. Jorge Costa apostou em Frechaut para central e colocou Vandinho como trinco. Davide foi titular na direita e o polaco Chmiest actuou como ponta de-lança.

Os minhotos entraram a todo o gás. Logo aos 2’, Chmiest rematou forte para boa defesa de Quim. O Benfica demorou a organizar-se e foi incapaz de libertar-se das marcações apertadas do Braga. Simão ainda desperdiçou uma boa oportunidade.

O Benfica pegou no jogo por volta do quarto-de-hora. Mas sem conseguir furar a defesa do Braga, os remates de longe eram a solução. Até que Simão fugiu pela direita e, com pouco ângulo, proporcionou uma defesa apertada a Paulo Santos.
O Braga recuou, mas não adormeceu, revelandose perigoso no contra-ataque. Aos 34’, Karagounis disparou para nova defesa de Paulo Santos. O intervalo chegou após um livre de Petit para Paulo Santos defender.

Na segunda parte o jogo continuou agradável e bastante aberto, com ambas as equipas a tentarem chegar ao golo. O Sp. Braga, sempre que tinha a posse de bola, ia impondo o o ritmo de jogo que lhe agradava com constantes trocas de bola entre os seus jogadores. O Benfica começou a descaracterizar o seu jogo, e ia praticando um futebol mais directo que nem sempre foi do agrado dos seus simpatizantes.

À medida que o final do jogo se aproximava os jogadores do Benfica começaram a demonstrar alguma quebra física e também uma certa quebra anímica. O Sp. Braga pelo seu lado, não alterava a sua forma de jogar, trocando muito bem a bola no seu meio campo, e sempre que podia tentava visar a baliza de Quim.

Destaque para a substituição de João Pinto, aos 77 minutos, que entre alguns assobios recebeu um forte aplauso dos adeptos benfiquistas.

À passagem dos 80 minutos, Pedro Mantorras teve nos pés a melhor oportunidade da sua equipa, a surgir já na grande área mas a rematar ao lado da baliza de Paulo Santos.
Até ao final da partida, o Benfica foi empurrando o Sp. Braga para a sua defensiva, mas nunca chegou a exercer um domínio significativo mas foi sempre tentando chegar à baliza contrária através de remates de meia distância.

Ao minuto 89, após uma grande jogada individual de Karagounis, o grego entra na área contrária e remata com a bola a embater com estrondo na barra da baliza de Paulo Santos.
Quando decorria o 4º minuto de desconto, e na sequência de um livre, Anderson cabeceou para as redes da baliza mas o golo foi prontamente anulado por fora-de-jogo do jogador do Benfica.


Benfica 0-0 Sp.Braga


Foto: Reuters

Página Inicial

6 comentários:

  1. Tenho pena do que se tem passado no Benfica . Porque apesar de termos perdido tudo , custa-me dizer que não estão a dar tudo , porque não é verdade . Agora o que se pode apontar é o mau planeamento da equipa , que apenas joga com 12 ou 13 jogadores , o que era privisível que isto viesse a acontecer .

    ResponderEliminar
  2. E pronto, um dia destes havemos de marcar um golo. Continuo à espera de saber o que será necessário para despedir o Santos, talvez perder o 3º lugar, mas isso é quase impossivel.

    ResponderEliminar
  3. O campeonato já está mais que decidido. O campeão é o do costume, e o segundo é o Sporting.

    ResponderEliminar
  4. ricardo pereira17 abril, 2007 04:04

    o ataque do Benfica é uma valente bosta que vive da inspiração individual dos jogadores do meio-campo em movimentos de ruptura. Como não há confiança não há inspiração logo, não há golos. E se a isto juntarmos a incapacidade absoluta dos avançados em finalizar temos um SLB sem ataque.

    É triste perder-se uma época por falta de referências na área...

    ResponderEliminar
  5. O Nelson se fosse eu o treinador ia para o banco durante os proximos jogos, Derlei o mandava embora, punha a jogar o Manu e acho que para finalizar em beleza, metia o Fernando Santos num avião e o mandava para a Patagonia para treinar uma equipa de macacos que é donde ele ia dar alguma coisa como treinador... Que nojo de treinador, e ainda a quem o defenda, sempre a fazer a mesma porcaria todos os jogos e a dar a mesma desculpa (sempre a dar na mesma tecla).

    ResponderEliminar
  6. O que eu acho é que muitos dos jogadores estão-se nas tintas para o Benfica, se ganham ou perdem jogos; há vários que não se esforçam minimamente. Será que querem mandar o treinador embora? Será que o balneário não está bem? David Luis, Simão, Petit, Katsouranis e Rui Costa são os jogadores que se salvam. Não se contratou jogadores de jeito, com excepção de David Luiz e Katsouranis, vendeu boas alternativas (Rocha, Alcides e Kikin). Eu não entendo a passividade de quase todos os sócios perante mais um desaire. Já são normais as crises, derrotas e ausência de títulos. Porque não fazem nada?

    ResponderEliminar

Home - Desportugal - Blog de Notícias Desportivas