sexta-feira, 16 de março de 2007

Benfica vence Paris SG por 3-1 e apura-se para os Quartos-de-Final da Taça UEFA (vídeo)

Simão colocou o Benfica nos Quartos-de-Final da Taça UEFA

O Benfica garantiu o apuramento para os quartos-de-final da Taça UEFA ao vencer o Paris Saint-Germain por 3-1, num jogo em que os adeptos sofreram e muito! Os encarnados, com uma primeira meia hora de grande nível, praticamente resolveram a eliminatória, mas um frango de Moretto silenciou o Inferno. Valeu Simão, à beira do fim, a terminar com o suspense mantendo os encarnados na aventura europeia. Hoje ficam a saber o adversário que se segue.

Depois do espectáculo da águia vitória aos círculos sobre um estádio em êxtase, foi a vez das camisolas com a águia se fazerem à vida, num esquema de três médios e três avançados, com Miccoli e Simão a ladearem Nuno Gomes no tridente atacante.

Os muitos passes falhados dos dois lados denunciavam o nervosismo à flor da pele, mas no tecido das chuteiras vinha ao de cima a superior qualidade dos benfiquistas.
Aos 12 minutos, Nuno Gomes aproveita a dádiva de um erro de Rothen e isola Simão, que puxa dos galões para incendiar a Luz e os seus 65 mil adeptos presentes .

Com o Inferno da Luz (maior assistência da época) bem aceso e as ondas de calor humano a empurrar, os franceses (cinco habituais reservistas de início) falhavam passes em série, sob uma pressão asfixiante. Ao quarto de hora, Katsouranis só não festejou por milímetros, depois da trave devolver o seu remate. Nove minutos depois, Rothen voltou a comprometer, deixando a bola nos pés de Petit. O português que nasceu em França e se chama Armando correu para a área e, sem pensar duas vezes, mostrou como se marca um golão, num chapéu fabuloso!

O Inferno da Luz estava mais quente que uma fornalha e os parisienses pareciam quase derretidos. Nada mais ilusório, porque aos 32’ reduziram, empatando a eliminatória. Rothen redimiu se do duplo erro e encontrou a cabeça de Pauleta na área, que, antecipando-se a Anderson, desviou para a baliza, com a bola ainda a tocar no corpo de Moretto. O guarda-redes brasileiro, que no início já tinha sido tão assobiado como os jogadores franceses pelo público da Luz (amante de Moreira, queria vê-lo no lugar de Quim), ouviu das boas. Os franceses galvanizaram-se e quase empataram.

A segunda parte foi completamente diferente, com as duas equipas a jogaram pelo seguro. Fernando Santos quis dar frescura e equilíbrio com a entrada de João Coimbra e apostou no ataque com Derlei, como antes tinha feito Le Guen, com N’ Gog e Kalou. O jogo parecia encaminhar-se para o prolongamento, mas uma entrada de Léo na área foi travada em falta. Simão na marca da verdade não falhou, decidindo a eliminatória.

O Benfica acaba por chegar novamente aos quartos-de-final de uma competição europeia , depois de na época passada ter alcançado a mesma eliminatória na Champions League , sendo então afastado pelo Barcelona . Desta vez , os encarnados podem encarar a competição com mais optimismo ainda , porque todas as equipas se equivalem, e qualquer uma poderá chegar ao grande palco da final , Glasgow .


Benfica 3-1 Paris SG
Simão 12'
Petit 26'
Pauleta 31'
Simão 88'

1-0


2-0


2-1


3-1



Foto: Mais Futebol

Página Inicial

15 comentários:

  1. Mas era neessário tanto sofrimento? Irra...

    Mais uma vitória a caminho do triunfo final.

    ResponderEliminar
  2. gabriel fonseca16 março, 2007 05:08

    Boa vitória, mas sofrida... no entanto continuo a achar que é imperial a contratação de um lateral direito, pq o Nélson não tem concorrência, logo faz o que lhe apetece, que é sempre títular.

    Estou cá com uma fezada que vamos ganhar isto.

    Melhor em campo - Sem dúvida, Petit.

    Agora é esperar pelo sorteio e todos menos Sevilla, Bremen e Tottenham.

    ResponderEliminar
  3. Acabámos por vencer um jogo que conseguimos complicar ao máximo... "não havia necessidade..."

    Agora é muito complicado... sempre que chegamos um pouco longe nas competições europeias apanhamos sempre anos com grandes equipas na competição onde nos inserimos, mas se jogarmos melhor do que nesta eliminatória, tudo é possivel.

    ResponderEliminar
  4. Jogo globalmente fraco em que, somando o da 1ª mão, não existiu um vencedor justo. Passou a eliminatória não a equipa que melhor jogou nas duas mãos mas aquela que mais futebol apresentou. O resultado é exagerado. Para a próxima eliminatória será exigido ao SLB mais do que 60' de futebol decente em 180' possíveis.
    Fiquei obviamente satisfeito com o resultado, mas extremamente irritado com as exibições. Não quero, contudo, ser injusto para com o FS que teve de se haver com mais uma lesão num elemento preponderante da equipa, o Karagounis, e em Paris com a do Luisão e do Katsouranis. Somamos a isto a fraca gestão do banco e temos como resultado um Benfica partido em dois a jogar quase sem meio-campo e uma eliminatória para esquecer.

    ResponderEliminar
  5. Podiamos ter acabado com o jogo logo na 1ª parte, infelizmente a bola não entrou. Depois do golo do PSG a equipa baixou muito de ritmo, felizmente tivemos um Léo que conseguiu um penaltie perto do fim.
    Na 2ª parte não tinhamos um fio de jogo, era pontapés para a frente para o matulão Simão e o matulão Miccoli. Faltou-nos alguém mais sereno e que pensasse mais o jogo, faltava ali um Rui Costa.

    MOM - Petit e Simão pelos golos.

    ResponderEliminar
  6. Há uma clara fragilidade mental. À mínima contrariedade a equipa vai-se abaixo sem qualquer razão aparente. Tudo se perfilava para uma goleada por 3 ou 4-0, de repente sofre-se um golo, e parecemos a Naval a jogar. Pontapé para a frente, fé no Simão, não pode ser. Temos de aspirar a mais. O problema é que no início da época esta instabilidade mental também lá estava, vide Boavista(F), Celtic(F), Porto(F), Paços de Ferreira(F), etc. O que preocupa é que continuemos nesta dança sem que hajam soluções à vista.

    ResponderEliminar
  7. Fizemos uma excelente primeira meia hora, podíamos facilmente ter chegado aos 4-0, e acabamos por sofrer um golo com uma falha de marcação do Anderson e num lance em que o Moretto tem culpas (que não justifica o que se passou depois com o público a gritar pelo Moreira... não tem ponta por onde se lhe pegue). O jogo arrastou-se até ao último quarto de hora, onde nós nos chegámos à frente com a boa substituição do Derlei (nunca pensei estar a dizer isto), e ganhamos a eliminatória com justiça e com um penalty claro.

    ResponderEliminar
  8. Parabéns ao Benfica pelo apuramento para os quartos-de-final!

    ResponderEliminar
  9. carlos andrade16 março, 2007 05:17

    O jogou começou mal, com o PSG a ter dois ataques perigosos e a assustar todos aqueles que hoje estavam do lado da equipa Portuguesa, mas cedo o susto foi substituido por um sonho. O Benfica faz dois golos (o segundo é fantástico), e faz-me pular de alegria - dei por mim a cantar o "SLB, SLB, SLB, Glorioso..."

    Infelizmente, o PSG após um livre conseguiu empatar a eliminatória, num lance onde Moretto podia ter feito mais, mas também é preciso não esquecer que o remate foi de muito perto. O jogo foi renhido, mas perto do final Leo numa exelente iniciativa individual ganha um penalty claro, com bonus, a expulsão de um jogador adversário - decisão correcta do árbitro. Simão marca o penalty de forma clássica, bola para um lado, guarda redes para o outro.
    Esta eliminatória fez-me sofrer, mas o Benfica conseguiu passar. Por momentos esta eliminatória fez-me lembrar a igualmente sofrida eliminatória de á 4 anos do Porto frente aos gregos do Panathinaikos...só espero que este ano tenha o mesmo final, vitória da equipa portuguesa.

    ResponderEliminar
  10. Um portista com coração benfiquista ! iol

    ResponderEliminar
  11. Por muito que eu também quisesse que o Benfica hoje ganhasse para passar aos quartos, cantar "gloriojo exe-ele-bê" é que não! O meu paizinho sempre me disse, tudo o que é demais é erro! Até o fair-play !

    ResponderEliminar
  12. CARLOS ANDRADE16 março, 2007 05:19

    Quando se trata de uma equipa Portuguesa frente a uma estrangeira eu transformo-me, lol.

    ResponderEliminar
  13. O Benfica está nos quartos de final da Taça UEFA, apesar do jogo sofrível que mostrou na segunda parte do desafio. Pede-se mais a esta equipa nos embates futuros.

    ResponderEliminar
  14. Estes gajos do PSG são uns coxos de primeira. Salva-se o Rothen e o Pauleta. E o golo do Petit é muito bom!

    ResponderEliminar
  15. Na minha opinião o Benfica apesar de ter ganho por 2 golos de diferença, fez um jogo bastante sofrido.
    David Luís poderá vir a ser um grande central. Penso que pelo menos tem potencial para o ser. Antecipa-se muito bem aos atacantes e é bastante rápido. Por vezes é um pouco precipitado. Se calhar é da ânsia de querer mostrar serviço.

    ResponderEliminar

Home - Desportugal - Blog de Notícias Desportivas