sábado, 5 de agosto de 2006

Fc Porto sai derrotado 3-1 com Manchester United











O FC Porto perdeu 3 a 1 com o Manchester United , na jornada inaugural do Torneio de Amesterdão, a disputar no Estádio Arena de Amesterdão, na Holanda.

O Manchester adiantou-se no marcador por Paul Scholes (0-1), aos 11 minutos, através de um remate desferido à entrada da área, que deixou o guarda-redes Helton "pregado" à relva e a seguir a bola com os olhos.

O FC Porto, com o reforço Tarik em destaque, mas a denotar alguma ineficácia na finalização, sofreu o segundo golo por Wayne Rooney (0-2), aos 20 minutos, com um toque subtil no aproveitamento de uma falha defensiva.

O Manchester ficou reduzido a 10 unidades por expulsão de Rooney, aos 41 minutos, e a nove por novo cartão vermelho mostrado a Scholes, aos 68, que teve a particularidade de colocar no "balneário" os marcadores dos golos.

Em vantagem numérica, o Porto procurou com mais frequência a baliza do Manchester, nomeadamente por Adriano, Anderson e Vieirinha, mas acabou por sofrer novo golo por Solskjaer (0-3), aos 74 minutos, numa jogada individual.

O tento de honra do Porto surgiu pelo central , Pepe (1-3), aos 76 minutos, com um pontapé forte e colocado a mais de 25 metros, que foi, no entanto, insuficiente para "empurrar" a equipa para a reviravolta.

Com este triunfo, o Manchester United, que estreou o reforço Michael Carrick (ex-Tottenham), conseguiu somar seis pontos (três por vitória e três por golos) e colocou-se em boa posição para garantir o triunfo no torneio.
O FC Porto defronta hoje o Inter de Milão, que empatou 1-1 com a Ajax na primeira jornada .

Vídeo do jogo FC Porto 1-3 Manchester United



Vídeo do jogo Ajax 1-1 Inter Milão

6 comentários:

  1. O Adriaanse tem a língua muito grande .

    Pareçe que voltou à forma que caracterizou o Porto na época passada ...na hora de jogar com os grandes = derrota .

    ResponderEliminar
  2. I'm a top coach...palavras do CO .

    Acorda senhor , não podes estar sempre a dormir e a ver-te ao espelho .

    ResponderEliminar
  3. O Adriaanse não tem categoria para treinar o Porto. É um paranóico, que tem o patético objectivo de golear sempre. Por favor, alguem que coloque o Baía na baliza.

    Na frente , falta um finalizador que há-de chegar.

    A nível doméstico a equipa serve, tanto mais que um dos rivais já está amarrado a um treinador medíocre por dois anos!Isto se se honrar a palavra...

    ResponderEliminar
  4. alexandre correia05 agosto, 2006 05:57

    9 contra 12 e nem assim... Já agora, o Moreto é frangueiro, então o Helton é uma AVESTRUZ que tem as pernas tão altas que lhe pode bem passar uma bola por entre elas...Continuem, que vão bem.

    ResponderEliminar
  5. O Porto ou contrata um ponta de lança ou vai ter grandes problemas na finalizaçao. Joga bem, cria espaços, oportunidades, mas...nao marca; mesmo em superioridade numerica acentuada .

    O Adriano é só para jogar cá em Portugal .

    ResponderEliminar
  6. Esta táctica de 3 defesas nas competições europeias , o FCP não tem chance , Helton é mal batido no golo do Rooney, Cech, Paulo Assunção, Tarik e Alan não têm lugar no FCP, e Vieirinha foio melhor em campo.

    Jogar com 9 e sofer um golo , até doi na alma .

    Já estou a ficar nervoso .

    ResponderEliminar

Home - Desportugal - Blog de Notícias Desportivas